X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Endeavor Entrepreneur Summit


a endeavor entrepreneur summit

Está rolando lá em São Francisco, na Califórnia, o  Endeavor Entrepreneur Summit 2011, um mega evento que acontece a cada dois anos e conta com unidades da Endeavor do mundo todo. A conferência reúne debates, painéis, palestras e workshop – todas as atividades com temas atuais e que promovem networking. E a Results – claro – não poderia ficar de fora dessa. O Komel está lá em São Francisco e vai trazer para gente tudo que está rolando de mais bacana por lá. Olha só. E já na abertura do evento, ele conferiu uma das apresentações dos keynotes, Scott McNeally, CEO da Sun Microsytems. Entre piadas e bons insights, olha só os conselhos que ele deu para quem esteve presente:

– Ignorância é felicidade: se soubéssemos como seria difícil, provavelmente não teriamos feito.

– Tenha estratégia controversa: quanto mais controvérsia, melhores as chances de você fazer muito dinheiro. Se todo mundo pensa que o que você está fazendo é a coisa certa, todos farão igual. Não existirá diferenciação, se não existe diferenciação, não existe poder de barganha (pricing power) e, sem isto, você não gera dinheiro. Se você não gera dinheiro, não pode contratar gente. É como entrar em uma entrevista e, quando perguntarem por que deveriam te contratar, a sua resposta ser: por que eu respiro.

– Não adianta apenas ser controverso, você têm que estar certo: caso contrário você será apenas estúpido.

– Seja “cotável”. Gere polêmica. Entre em uma briga: na Sun, tínhamos um acordo tácito com a imprensa, a imprensa me tratava bem e eu gerava polêmica para eles. Nós não podíamos pagar pela publicidade. O pessoal pensava que eu não gostava do Bill Gates, era teatro. O Ballmer e eu, frequentamos a mesma escola. Sempre sou lembrando por algo que disse tempos atrás: a rede é o computador (the network is the computer)… hj em dia falam em “cloud computing”… pq eu não pensei em cloud naquele tempo?

-. Use o dinheiro dos outros: se vc vai começar uma empresa e sua rede não é grande, essa é minha sugestão. Pratique com o dinheiro dos outros, quando ficar bom talvez queira fazer com o próprio.

– Não imprima sua visão, coloque a on-line: as coisas vão mudar acima, abaixo e dos lados mais rápido do que você imagina. Esteja preparado para isto.

– Tenha uma causa: pessoas possuem necessidades básicas, mas um salário psicológico (a causa) é uma das coisas que as fazem ficar e trabalhar duro.

Escolha bem o seu “board”: empresas falham por causa de boards ruins. Escolha pessoas que já empreenderam, que já foram CEOs, que entendem as dificuldades que você passa. Pessoas que, quando você errar, saberão te ajudar.

– Ouça as perguntas que seus clientes fazem: elas te dirão o tipo de funcionários que você deve contratar, pessoas que conseguirão responder às perguntas que são feitas. Todo resto pode ser terceirizado, e sabe por que? Porque seu negócio vai mudar acima, abaixo e dos lados.

– O que você divide (share) e o que você proteja (em termos de propriedade intelectual)?: em alguns momentos, a Sun soube dividir sua propriedade intelectual, mas cometemos o erro de dividir demais, e aí fomos comprados.

– Nunca desista de uma venda: a venda nunca é perdida, ela é adiada. Vender é bem fácil: mostre seu produto, se a resposta for negativa pergunte por quê. Ouça e diga: voltarei. Vá embora, arrume seu produto e mostre novamente. Se a resposta for negativa, repita o processo. Lembre-se disto: um cliente não é uma chave para você adicionar mais uma “feature” ao seu produto ou serviço. Nunca argumente.

– A decisão mais estratégica que você pode tomar é com quem você decide ter filhos: a pessoa com que você tiver filhos terá grande parte da sua vida e, se você escolher a pessoa certa, isto o fará um líder melhor, mais focado.

– Divirta-se e faça a coisa ser divertida.

Aprenda Mandarin.

 

Via RSS de ResultsON

Leia em ResultsON

Comente este artigo

Populares

Topo