X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Entrevista sobre Direct IP, solução que reduz o atraso no carregamento dos jogos online


logositeNesta quarta-feira aconteceu no Rio de Janeiro a décima-quinta edição do Desafio de Startups, competição de negócios que acontece em diferentes regiões do Brasil, revelando startups promissoras. O D15 foi realizado durante Startup Rio Meetup, evento da comunidade Startup Carioca, organizado pelo Circuito Startup.

As Startups foram avaliadas por 4 critérios, Modelo de Negócios, Grau de Inovação, Escalabilidade e Apresentação. Participaram da banca de avaliação do Desafio: Claudio Nasajon (TI Angels), Paulo Cezar (Sebrae RJ), Robert Jansen (OutsourceBrazil), Guilherme Cohn (Confrapar) e Adalberto Callado (Anjos do Brasil).

A Direct IP, solução que reduz o “lag” (atraso no envio das informações) em jogos online foi o vencedor da edição, seguido por Chefs Club e Pauta online. Também participaram do Desafio os projetos: Dagoog, Doujor, Link Tatoo e Wisedock. Confira uma entrevista com David Coopermine, um dos fundadores da Direct IP, feita pelo Tiago Azevedo (Circuito Startup).

Qual é a proposta do DirectIP?

O Direct IP é um software para plataformas Windows que reduz o LAG (atraso de internet em jogos online) em até 70%. Com um software simples e em português, sem configurações complicadas, o jogador se diverte com seu game favorito sem se preocupar com lentidão ou desconexões anormais.

Quem são os fundadores e qual a experiência de cada um?

Sou programador de aplicativos comerciais há 10 e trabalho com servidores em nuvem e infra a algum tempo e responsável por toda tecnologia por trás do Direct IP. Lucas Miguel é professor e analista de sistemas, já trabalhou em multinacional do ramo de petróleo e hoje é responsável pelo desenvolvimento web e contato com os clientes.

De onde surgiu a ideia de desenvolver o DirectIP?

Nosso slogan é “feito por jogadores para jogadores”. Depois de um dia de trabalho não a nada melhor que chegar em casa e jogar seu game favorito. Mas devido a precariedade da infra de redes no Brasil, essa experiência acabava sendo frustrante. Procuramos uma solução e só achamos fora do brasil e com configurações extremamente complicadas. Resolvemos criar um aplicativo para uso próprio e de nossos amigos. Só que nossos amigos passaram para os amigos e em pouco mais de 1 ano chegamos a incrível marca de 27.000 contas criadas com uma media de 2.000 contas criadas por mês sem gastar 1 real com publicidade. Como software de tecnologia própria somos pioneiros no Brasil.

Do ponto de vista pessoal, qual é o sentido em desenvolver o DirectIP?

É muito satisfatório receber feedbacks dos usuários ou entrar no Youtube e ver que vários jogadores criaram videos recomendando nosso sistema. Isso nos dá a certeza que nosso produto tem um diferencial e é inovador no Brasil. Desenvolver aquilo que gosta e fazer a diferença para o usuário final é extremamente satisfatório. Também serve para provar que nós brasileiros também somos capazes de desenvolver soluções complexas e aplica-la de forma correta.

Vocês replicaram um modelo de alguma empresa de fora do Brasil? Quem são seus concorrentes?

Sim, nós temos benchmarking fora. Nós procuramos pegar os features (recursos) de cada um deles, inclusive algumas coisas que nós mesmos desenvolvemos pra tentar estar a frente desses modelos. Nosso software tem vários recursos que nem os concorrentes internacionais pensaram em desenvolver. Alguns cases de sucesso como Wtfast e o Smoothping já faturam alguns milhões segundo informações dos investidores que deram o aporte a essas empresas.

Vocês iniciaram com recursos próprios ou com algum aporte financeiro externo?

O Direct IP é desenvolvido e mantido com recursos próprios e também por doações dos próprios usuários.

Qual foi sua expectativa na participação no Desafio de Startups? Comente como foi a participação de vocês.

Participamos do Desafio de Startups com o objetivo de fazer nossa startup conhecida e receber o feedback dos jurados. Foi ótimo receber o feedback positivo dos jurados, nos mostrando que estamos no caminho certo, receber o prêmio de primeiro lugar e fazer contatos. Esperamos que com essa visibilidade possamos receber contato das aceleradoras e investidores interessados no projeto e de ganhar alguns milhões com a gente!

be FYidnnTLU

Via RSS de startupi

Leia em startupi

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo