X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Evento debate competitividade nos pequenos e médios negócios


Internet Trends 2019Powered by Rock Convert

fdb ajuda

Preparar sua empresa para atuar no mercado externo pode ser uma estratégia que vai tornar o pequeno negócio se tornar mais competitivo no mercado interno. De 2002 a 2011, o valor médio exportado por micro e pequenas empresas quase dobrou, passando de US$ 100 mil para US$ 193 mil. Apesar de o mercado interno estar bastante aquecido, a exportação de produtos manufaturados representa uma oportunidade de mercado e os pequenos negócios devem ficar atentos. Atualmente, as micro e pequenas empresas respondem por 1% das exportações brasileiras. 

Com foco nesse mercado e no tema competitividade e inovação, o Sebrae apoia a realização do Encontro Empresarial de Comércio Exterior (Encomex Empresarial), no próximo dia 5 de junho, em Jaraguá do Sul (SC). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas aqui pelo site. O evento é organizado pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic).

O Encomex reúne autoridades e palestrantes para tratar de assuntos relevantes para o comércio internacional.  Por meio de parcerias importantes, o Encomex encoraja ainda pequenas e médias empresas a explorarem o mercado externo. Na programação do evento está prevista a palestra de Patrícia Mayana Maynart Viana, gerente-adjunta de Acesso a Mercados e Serviços Financeiros do Sebrae, que falará sobre caminhos para diferenciação e acesso a mercados internacionais.

Para o Sebrae, apoiar eventos dessa natureza visa sensibilizar os pequenos negócios para a importância de se utilizar o comércio exterior como estratégia para aumentar a competitividade. É o que pensa o empresário Antônio José Isaac. Há quase 30 anos no ramo de redes de balanço, o empresário, dono da “Redes Isaac”, em Fortaleza (CE), exporta seus produtos (redes, cadeiras e almofadas) para Alemanha, França, Espanha, Holanda, Dinamarca, Bélgica e Estados Unidos, desde 1994. “Com a bagagem que acumulamos para nos adaptar ao mercado internacional, conseguimos atender o público brasileiro com mais qualidade. Os brasileiros têm ficado cada vez mais exigentes, especialmente com a ascensão de classes dos últimos anos”, informa Antônio José. A expectativa de faturamento com exportação da empresa para este ano é de mais de R$ 3 milhões.

Quem acabou de adentrar ao universo das exportações foi o empresário Pedro Caetano, sócio da Lajedo do Ouro, indústria de cacau fino, localizada no interior da Bahia, no município de Ibirataia. No ano passado, sua empresa, fundada em 2006, passou a exportar cacau fino para os Estados Unidos, França e Bélgica. “Isso tem contribuído para que a gente se prepare para o mercado brasileiro, que, aos poucos, começa a se abrir as linhas de produtos premium, como cacau e café”, diz.

O Sebrae e o comércio exterior

O Sebrae busca apoiar o pequeno empresário que tem interesse em acessar o mercado internacional, por meio de consultorias, cursos e informações. Para isso, oferece os seguintes cursos virtuais aos empresários:

Proex – Procedimentos para Exportação, direcionado aos empresários de pequenos negócios interessados na preparação da empresa em atividades de exportação, nos procedimentos relacionados ao controle administrativo e ao aduaneiro das exportações, bem como nos procedimentos incluídos no Sistema Integrado de Comércio Exterior do Brasil (Siscomex);

CVME – Condições de venda para o mercado externo, destinado aos empresários de micro e pequenos negócios e pessoas que possuem interesse em conhecer as técnicas de vendas no mercado externo;

Plaex – Planejamento para Exportar, direcionado aos empresários dos micro e pequenos negócios interessados em preparar sua empresa para atividades de exportação.

Também há o serviço Autodiagnóstico de Negócios Internacionais, que analisa o estágio de maturidade da empresa que deseja acessar mercados internacionais e tem um processo de tutoria durante o cadastramento.

O que é o Encomex?

O Encomex tem como objetivo expandir a pauta brasileira de exportação em quantidade, qualidade e variedade de produtos, mercados de destino e empresas participantes. A iniciativa é resultado da necessidade das instituições públicas e privadas de fomentar o desenvolvimento da exportação nos setores de indústria, comércio, serviços, agropecuária e turismo e de promover o acesso às informações sobre as políticas, ações e estrutura do comércio exterior.

Para atingir estes objetivos, a Secex conta com a parceria da Apex-Brasil, do Sebrae, do Banco do Brasil, do BNDES, da Caixa Econômica Federal, do Governo do Estado de Santa Catarina, da Prefeitura de Jaraguá do Sul, de entidades de classe, entre outros.

Serviço:

Encomex Empresarial

Dia 5 de junho de 2014

Centro Empresarial de Jaraguá do Sul (Cejas), localizado na Rua Octaviano Lombardi, 100 – Bairro Czerniewicz -Jaraguá do sul – SC

Informações: http://www.encomex.mdic.gov.br/sitio

Tags: 

Via RSS de Empreendedor

Leia em Empreendedor

Internet Trends 2019Powered by Rock Convert
Internet Trends 2019Powered by Rock Convert
Comente este artigo

Populares

Topo