X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Novo reator de fusão da Lockheed Martin pode revolucionar a forma como obtemos energia


A imagem acima é o interior de uma invenção que pode mudar a civilização como a conhecemos: um reator de fusão compacto desenvolvido pela Skunk Works, a divisão de tecnologia experimental da Lockheed Martin. Ele tem o tamanho de um motor a jato, e pode fornecer energia para aviões, naves espaciais e até cidades.

>>> Garoto de 13 anos constrói reator nuclear e quebra recorde

A Aviation Week teve acesso exclusivo aos laboratórios secretos da Skunk Works e conversou com o Dr. Thomas McGuire, líder da divisão de Tecnologia Revolucionária na empresa.

Em geral, os reatores usam um mesmo design baseado nos tokamak da União Soviética: uma câmara toroidal (espécie de anel) em que campos magnéticos limitam a reação de fusão, com um custo de energia enorme e, portanto, baixa geração líquida de energia.

O Compact Fusion Reactor da Skunk Works, por outro lado, tem uma abordagem radicalmente diferente de tudo que foi tentado antes. Compare os dois nas imagens abaixo:

fd SWojJ dwk

Via RSS de Gizmodo Brasil

Leia em Gizmodo Brasil

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo