X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Por trás do Netflix: 1 milhão de filmes, 10 milhões de arquivos, 120 formatos de vídeo


Essa semana o Netflix divulgou um pouco de como a empresa gerencia toda a cadeia de dados digitais. Quem acha que é só receber um arquivo dos estúdios de filmes e distribuí-lo em servidores ao redor do mundo vai ficar um pouco supreso. Para atender aos clientes, o Netflix precisa criar 120 formatos diferentes de cada vídeo que recebe.

Essa quantidade de formatos é devido à grande variedade de dispositivos considerados prontos para o Netflix: são mais de 900. Enquanto alguns podem exibir uma certa resolução de vídeo a um bitrate específico, outros podem não ter tanta capacidade. É por isso que é criado um arquivo para um iPhone 4S, por exemplo, e outro para tocar em um Galaxy Tab: resoluções diferentes para dispositivos diferentes.

O vídeo abaixo, publicado no blog oficial do Netflix (e sem áudio), mostra mais detalhes de como um título é adquirido e disponibilizado no serviço.

(Vídeo no Vimeo)

O vídeo também compartilha algumas estatísticas interessantes sobre o Netflix: ele já tem mais de 1 milhão de filmes e vídeos (o que deve contabilizar os DVDs que a empresa ainda envia a clientes nos EUA), 10 milhões de arquivos, 100 milhões de codificações diferentes feitas, metadados na casa dos Terabytes e dados de armazenamento na casa dos Petabytes. Definitivamente não é pouca coisa.

Com informações: GigaOm.

Por trás do Netflix: 1 milhão de filmes, 10 milhões de arquivos, 120 formatos de vídeo

aaf QQuiTn jhc

Via RSS de Tecnoblog

Leia em Tecnoblog

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo