X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Redes sociais e empresas: não estipule objetivos impossíveis


Redes sociais e empresas: não estipule objetivos bizarros e impossíveisQuando uma empresa desenha uma estratégia de mídias sociais a parte objetivos geralmente pode agregar projeções reais e um pouco de otimismo por parte de alguns profissionais, mas corre o risco de levar na estrutura algumas posições tão colossais que fogem do cenário profissional e podem gerar problemas sérios para a empresa.

Trace objetivos plausíveis. Muitas vezes o analista de mídias sociais projeta um objetivo e a empresa o obriga a conquistar outro. O analista quer aumentar a participação dos usuários nas redes sociais da empresa, mas a empresa quer mesmo é atingir 1 milhão de fãs em muito pouco tempo, e isso só porque uma empresa concorrente possui. Acontece que a empresa concorrente tem meio século de existência e uma abrangência de mercado 30 vezes maior que a sua. Realmente é preciso ter 1 milhão de fãs para a sua empresa com dois anos de vida?

Isso pode desencadear certo desconforto dentro da companhia, pois muitos profissionais de social media acabam tendo que se sujeitar aos ideais sem sentido de muitos empresários, e muitos profissionais de social media acabam vendendo o imaginário de que com as redes sociais tudo é possível e muito barato. Erra quem vende areia no deserto e erra quem traça objetivos baseados em projeções pessoais e não em relatórios concretos.

Profissionais de social media e empresas devem traçar objetivos reais e plausíveis. A sua empresa é de pequeno porte e não tem um capital tão extravagante para aplicar em redes sociais? Então não queria fazer milagres ou maquiar o impossível. Procure criar conteúdo interessante para o usuário e um maior engajamento por parte dos mesmos. Muitas vezes o mais interessante para uma empresa – e o mais rentável – não é ter 1 milhão de fãs para mostrar aos amigos empresários, mas sim ser referência como empresa e construir uma atuação eficiente e valiosa nas redes sociais. Todo o resto é consequência.

Via RSS de Blog Mídia8!

Leia em Blog Mídia8!

Comente este artigo

Populares

Topo