X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Na Web

Os empreendedores também amam


shutterstock_65398924

No dia 14 de fevereiro foi comemorado o dia de São Valentim, quando se celebra o Dia dos Namorados em vários países. Uma data de alegria compartilhada por muitos, exceto pelos empreendedores solteiros, sem tempo para um bom encontro, jantar ou cinema acompanhado. Para esse grupo, o dia passou batido como qualquer outro.

Mirando esse público em potencial, dois empreendedores resolveram desenvolver sites de relacionamentos arquitetados para satisfazer suas necessidades. O primeiro deles, o EntrepreneurDate.com, foi idealizado em 2005 pelo americano Benji Kurtz, 34 anos. Kurtz, na verdade, é um magnata nesse mercado, com mais de 1.000 sites desse tipo, direcionados para 100 nichos diferentes. “Apesar de não estar solteiro, eu percebi que empreendedores solteiros e procurando por alguém não tinham tempo para dedicar a formulários complicados nem perder com trivialidades dos sites de relacionamentos mais populares”, disse o empresário em entrevista para o site da revista Entrepreneur. “Nós queríamos criar um site respeitável para empreendedores que estavam procurando namorar outros empreendedores.”

Hoje o site de Kurtz tem mais de 160 mil usuários e funciona de forma gratuita. O faturamento da empresa vem daqueles que resolvem mudar para um perfil premium, com outras funcionalidades.

Já o MatchmakingInc.com foi criado pela americana Connie Kelly, 51 anos, e por seu filho David, depois que ele se divorciou e passou a enfrentar dificuldades para voltar a namorar. “Diferentemente daqueles com empregos normais, empreendedores estão tão absorvidos nos seus trabalhos que fica difícil namorar alguém que não esteja no mesmo universo”, explica Kelly. Um dos diferenciais do site é que o perfil do usuário lista suas principais características empreendedoras – talvez você queira alguém mais metódico do que imaginativo – e oferece dois meses de teste grátis, para depois cobrar uma taxa mensal. Atualmente possui 250 membros.

E vocês? Acham que empreendedores têm mais dificuldades para namorar e achar um parceiro?

Via RSS de Papo de Empreendedor

Leia em Papo de Empreendedor

Comente este artigo

Populares

Topo