X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

5 erros vergonhosos em Marketing

Alguns marketeiros cometem erros inaceitáveis

Determinados erros mancham a reputação de um marketeiro. Conheça os 5 piores erros do Marketing e saiba como evitá-los, no Jornal do Empreendedor.


Ser “marketeiro” não é trabalho para qualquer um. É preciso dedicação, experiência e um monte de esperteza. Estes são os erros mais comuns, cometidos por muitos “profissionais” da área.

Alguns marketeiros cometem erros inaceitáveis

Alguns marketeiros cometem erros inaceitáveis

Há mais ou menos uma década que nós temos dúzias de planos de marketing e centenas de estratégias de venda, além de assistirmos diariamente a milhares de companhias tentando se estabelecer em meio a mundo de mercado competitivo. O que aprendi com esta experiência foi: existe uma quantidade enorme de péssimos marketeiros por aí. Eu não estou falando apenas dos “inaptos”, mas de gente que faz coisas que federiam, se marketing tivesse cheiro.

1. Sem conceito do ideal do cliente

Muitos “marketeiros” têm uma visão fechada sobre o mundo, tudo em volta de seu serviço. Eles conseguem enxergar um espaço para seu modo de pensar em todos os lados, mas possuem uma ideia muito vaga de quem realmente possa querer aquilo que oferece. No pior dos casos, estes marketeiros pensam que seu produto é tão bom que as pessoas não precisam de uma boa razão para querer comprá-lo, e não captam o ideal do cliente.

2. Sem tempo para gastar ouvindo o cliente do cliente

Mesmo quando um desses marketeiros tem um conceito de ideal do cliente, não gostam de “perder tempo” ouvindo o que o consumidor tem a dizer. Eles apenas fazem uma “pesquisa de mercado” e analisam os números em gráficos, pois ouvir o consumidor do cliente pessoalmente é muito desperdício de tempo e dinheiro. Assim, não é raro que os resultados das pesquisas apontem para a criação de um serviço que não tem nada a ver com o que o público deseja.

3. Sem nenhuma noção do que os clientes querem

Ainda que o dito marketeiro se disponha a ouvir o cliente, cai no erro de não compreender seus desejos – e principalmente os desejos do consumidor final. Ele tenta mostrar ao cliente que o serviço oferecido se encaixa em suas necessidades. Isso pode parecer esperto, mas é estupidez. O que o bom marketeiro deve fazer é mostrar ao cliente que ele precisa do marketing, fazê-lo ter necessidade daquilo que é oferecido. O trabalho do marketeiro só estará completo quando o consumidor final do cliente ficar satisfeito.

4. São incapazes de formular uma boa proposta

Supondo que nosso azarado e inapto marketeiro tenha um conceito de ideal do cliente, saiba escutá-lo e entenda o que ele e seus consumidores querem, há ainda a chance de não saber criar uma boa proposta, que faça sentido para o cliente e para o consumidor final. Este processo depende de que o marketeiro tenha um bom conhecimento da dinâmica dos negócios e que conheça as tabelas de valores do marketing atual.

5. Não conseguem apresentar a proposta em menos de 25 palavras

Agora o marketeiro cumpriu todas as etapas anteriores, inclusive com a formulação de uma ótima proposta de valores para o cliente, tudo muito bem escrito no contrato, e uma ótima ideia para o projeto. No entanto, na hora de apresentá-las, é prolixo, usa jargões e diversos clichês. Deveria tentar apresentar a proposta em menos de 25 palavras. Pratique até conseguir.

Escrever uma frase de impacto para uma propaganda de batatas é uma habilidade rara. Desenhar um plano de marketing criativo e inovador exige talento e prática. Use esta habilidade e este talento também para apresentar suas ideias e preços aos clientes.

 

Adaptado de texto de Geoffrey James, originalmente publicado na Inc.com.

Gostou? Assine o Jornal do Empreendedor e receba novidades direto no seu email:

Todos os dias, você recebe no seu email um apanhado geral das notícias do Jornal do Empreendedor. Fique sempre atualizado com o que há de mais recente no mundo do Empreendedorismo no Mundo. Assine grátis agora.

Comente este artigo

Populares

Topo