X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

Empresas recebem orientação para obter crédito


Natal – Para aproveitarem as oportunidades de negócios geradas pela realização da Copa do Mundo da FIFA 2014 no Brasil, muito empresários precisarão investir em seus empreendimentos. Desta forma, a demanda por crédito e capacitação para usá-lo de forma racional também cresce com a aproximação do mundial.

Em Natal, os empresários participantes do programa Sebrae 2014 participam de um encontro com instituições financeiras nesta quinta-feira (27). O II Encontro de Negócios: Oportunidades e Finanças, realizado pelo Sebrae no Rio Grande do Norte, aproxima os bancos dos empreendedores. O evento é mediado pela jornalista Mara Luquet, colunista da rádio CBN e do Jornal da Globo.

Participam do evento o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Santander, Bradesco, Caixa, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, além da Agência de Fomento do Rio Grande do Norte (AGN) e a cooperativa Credicom. De acordo com a representante do BNDES, Andresa Gusmão, a instituição pretende ampliar a carteira de clientes e o montante de crédito disponível para os empresários de pequeno e médio portes no estado. Nos últimos 12 meses, foram liberados R$ 98 milhões por meio do Cartão BNDES, crescimento de 35% em relação ao intervalo anterior.

Segundo Andresa, esse é o principal produto do banco para as MPE que pretendem obter recursos com foco na Copa. “É uma forma simplificada e desburocratizada de conseguir financiamento para compras, expansão do negócio e até capacitação dos funcionários”, informa. Atualmente, o BNDES possui mais de 560 clientes no estado com o cartão, cuja taxa de juros é de 0,91% ao mês.

O objetivo do Sebrae 2014 é apoiar micro e pequenas empresas (MPE) e microempreendedores individuais (MEI) a se tornarem mais competitivos com as oportunidades que surgirão com a Copa do Mundo. O programa está sendo realizado nas 12 cidades-sede da Copa: Brasília, Belo Horizonte, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. No Rio Grande do Norte, 412 empresas participam da iniciativa.

O norte do programa foi um estudo realizado pelo Sebrae Nacional em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV). O levantamento aponta oportunidades nas 12 cidades-sede e os requisitos que as empresas precisam para lucrar com o evento. Com base no estudo foram estabelecidos nove setores com maior possibilidade de geração de negócios por conta da Copa do Mundo da FIFA. No Rio Grande do Norte, a iniciativa desenvolve ações para as empresas de turismo, comércio varejista, serviços, artesanato, construção civil, agronegócios, tecnologia da informação e comunicação, confecções e bonelaria.

Serviço:
www.rn.agenciasebrae.com.br
http://portal.rn.sebrae.com.br
http://www.facebook.com/SebraeRN
http://www.twitter.com/SebraeRN
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
Agência Sebrae de Notícias (ASN RN): (84) 3616-7910 | 3616-7911

Via RSS de RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Leia em RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo