X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

Esse tal de capital humano…


Mesmo que você não seja um curioso ou entendido sobre recursos humanos, pelo menos uma vez você já ouviu a expressão “capital humano”, nem que seja naquelas edições anuais de melhores lugares para se trabalhar das revistas semanais de grande circulação.

Em linhas gerais o capital humano é o valor da sua empresa oriundo da experiência e conhecimento que os funcionários têm. Mas você já parou para refletir de verdade sobre o que isso significa na prática? Isso realmente é importante ou é só mais uma “modinha”, uma daquelas expressões que se usa só para mostrar que você é um insider?

Se você é do ramo de tecnologia da informação como a Menki eu te digo: esse é o único capital que você tem! Ou pelo menos o único que realmente importa.

Durante minha vida de engenheiro de multinacional por muitas vezes ouvi o RH recorrer ao argumento de que estava se adaptando à “realidade salarial do mercado”, em outras palavras estava pagando a média. Algumas vezes isso significava baixar e em outras subir mas sempre convergindo para a média. De qualquer forma esse argumento sempre foi usado porque cola bem nos ouvidos dos menos atentos. Veja só, você não consegue ter máquinas tão boas quanto as usadas pelo seu concorrente? Você não consegue comprar os softwares como o seu concorrente? Então por que seu cliente vai te contratar se você faz tudo igual seus concorrentes?! Como você quer ser diferente se faz tudo como os outros? Você só pode se diferenciar se você fizer melhor e nessa equação só sobrou uma variável ainda não citada: seu funcionário.

Você só vai conseguir se destacar se tiver gente boa trabalhando com você. Na prática é isso que vai te colocar na frente. Mas aí você vira para seu funcionário e diz que oferecerá o que oferece o mercado. A mensagem é clara e seu funcionário será mediano, comum, medíocre. E com toda razão. No curto prazo você se sentirá muito inteligente pela economia mas na realidade esse é um preço caro demais para uma empresa que vive de inovação.

O setor de recursos humanos de uma empresa pode ser tão velho e tradicional quanto você deixar que ele seja. Lá também é um lugar para se pensar fora da caixa e inovar. Pense nisso!

Abraço.

Post originalmente publicado em 25/01/2011 em http://menkimobile.com.br/esse-tal-de-capital-humano/

Comente este artigo

Populares

Topo