X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

Negócio a Negócio chega ao interior de Minas


Belo Horizonte – Depois de atender quase 50 mil empreendimentos na capital mineira e região metropolitana nos últimos dois anos, o programa Negócio a Negócio está expandindo suas ações para o interior do estado. As regiões Norte, Noroeste, Vale do Jequitinhonha e Mucuri, Vale do Rio Doce, Sul e Triângulo Mineiro deverão ter outros 50 mil empreendimentos até o final de 2012.

“O Negócio a Negócio pode auxiliar muitos empreendedores. Qualquer informação que contribui para o crescimento da nossa empresa é sempre bem-vinda. O programa foi muito importante para melhorar a administração da minha loja”, afirma Cristine Resende, empresária de Divinópolis (MG)

“O Negócio a Negócio já alcançou maturidade para ser expandido para o interior”, explica a analista de Atendimento do Sebrae em Minas Gerais, Any Myuki. Assim como Cristine,que tem uma uma loja de perfumaria e cosméticos há três anos, outros proprietários de micro e pequenos negócios conhecerão as soluções disponibilizadas pela iniciativa.

O principal objetivo do Negócio a Negócio é oferecer orientação gerencial gratuita aos empresários. Os interessados em participar devem preencher um formulário no site do Sebrae. A implantação do programa é realizada em três fases: visita do pesquisador para o levantamento de dados gerenciais, elaboração de um relatório com o diagnóstico e indicações de melhorias e visita para conferir os resultados alcançados e as dificuldades encontradas durante o processo.

A novidade da expansão para o interior é que o Sebrae realizará, segundo Any Myuki, presencialmente todas as fases do projeto – até o ano passado, a entrega do Relatório de Orientações e do Caderno de Ferramentas de Gestão era feita pelos Correios. “A visita do pesquisador é importante para confiarmos no projeto. Os representantes do Sebrae recolhem, com atenção e cuidado, todas as informações necessárias para as melhorias”, diz Cristine.

Para dar continuidade ao trabalho e auxiliar os empreendedores a traçarem objetivos e estratégias de administração, é disponibilizado o Caderno de Ferramentas de Gestão com orientações que poderão ser implantadas na empresa. Algumas delas são versam sobre controle de estoque e de contas a receber, cadastro de fornecedores e roteiro de marketing. Informações relacionadas ao gerenciamento de equipes e questões trabalhistas também estão presentes no documento. “Cada ferramenta tem a sua utilidade e todas contribuem para o bom funcionamento do negócio. Não tive dificuldades de adaptação”, atesta Cristine. 

Serviço
Assessoria de Imprensa do Sebrae em Minas Gerais
(31) 3379-9275 / 9276

Via RSS de RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Leia em RSS Feeds – Agência Sebrae de Notícias

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo