X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Vida Saudável

5 alimentos que você deveria comer para uma saúde excepcional

alimentosquevocêdeveriacomerparaumasaúdeexcepcional

Selecionamos 5 alimentos que você deveria comer para ter uma saúde de ferro


Selecionamos 5 alimentos que você deveria comer para ter uma saúde de ferro

Muitas vezes, a solução mais simples para evitar problemas de saúde podem ser encontradas no passado, em alimentos consagrados pelo tempo que estão enraizados na tradição e sabedoria.

Culturas estabelecidas há muito tempo, por meio de observação e uma estreita ligação com a terra e seu povo, desenvolveu alimentos básicos excepcionalmente nutritivos.

Um moderno reavivamento desses alimentos mais básicos ainda está em ascensão, com os seguintes alimentos liderando a mudança.

Pratos tradicionais para uma excelente vitalidade

#1. Fermentado de óleo de fígado de bacalhau

Os vikings escandinavos tinham tambores de fígado de bacalhau fermentando nas portas de suas casas. Da mesma forma, os soldados romanos usavam óleo de fígado de bacalhau diariamente.

Historicamente, o óleo foi usado para manter as pessoas fortes e livres de doenças. Desconhecido na época, o óleo de fígado de bacalhau fermentado continha níveis substanciais de vitaminas A e D.

Infelizmente, o processamento moderno retira esses nutrientes valiosos que, em enriquecem o óleo com vitaminas sintéticas.

A fermentação à baixa temperatura do fígado de bacalhau ignora essa questão e mentem todas as propriedades saudáveis do óleo natural, incluindo o aumento da imunidade e a proteção contra o mal de Parkinson, Alzheimer, inflamações, fibromialgia e artrite reumatoide.

Óleo de fígado de bacalhau: receita de vitalidade dos vikings.

Óleo de fígado de bacalhau: receita de vitalidade dos vikings.

#2. Kefir

Longamente utilizado na região do Cáucaso, o kefir emprega entre 10 e 20 variedades de bactérias e leveduras durante a cultura, criando assim um perfil de probiótico mais rico que o iogurte.

Além disso, o kefir tem fontes generosas de cálcio, fósforo, vitaminas do complexo B e proteínas. É também uma importante fonte de triptofano, bem como kefiran, que tem sido utilizado na redução do colesterol e pressão sanguínea.

#3. Caldo de osso

O antigo costume de comer sopa de galinha para curar uma constipação não é simplesmente uma história das nossas avós.

Culturas tradicionais sentiram a sabedoria de cura por trás dessa prática. Cheio de nutrientes essenciais, incluindo cálcio, fósforo, magnésio e potássio, juntamente com o colágeno, ácido hialurônico e sulfato de condroitina, o caldo de osso cozido lentamente é um complemento importante para uma dieta saudável.

Alivia a inflamação, cura o intestino solto e fortalece contra as infecções bacterianas e virais.

O caldo de osso também fortalece os dentes, articulações, ossos, pele e cabelo. Só não se esqueça de usar apenas os animais criados em pasto, com capim para poder evitar as toxinas.

Nossas avós estavam certas sobre as propriedades do caldo de galinha.

Nossas avós estavam certas sobre as propriedades do caldo de galinha.

#4. Beet kvas

A bebida de limpeza profunda, com um perfil antioxidante excepcional, pode não ser muito conhecida, mas certamente é um tônico poderoso para a saúde.

A bebida fermentada é útil para acalmar a inflamação sistêmica (que efetivamente reduz o risco de diabetes, câncer e doenças cardiovasculares), aumentar a imunidade e melhorar a digestão.

#5. Fermento

Até o desenvolvimento do fermento comercial em 1850, todo o pão era fermentado com leveduras naturais encontradas no ar e na superfície dos grãos.

Com a panificação moderna, temos sacrificado o bem-estar pela conveniência – levando um forte aumento na intolerância ao glúten e distúrbios digestivos, enquanto as os problemas de dentes e ossos se tornam comuns.

Através de um longo processo de fermentação, o ácido lático acumula, o que ajuda a mitigar os mitatos – elementos problemáticos encontrados em grãos, nozes e sementes que bloqueiam a absorção dos nutrientes.

Uma pesquisa feita pela Applied and Environmental Microbiology descobriu que quando o pão de trigo é completamente fermentado, o teor de glúten cai para 12ppm – um nível considerado livre de glúten.

___

Este artigo foi adaptado do original, “Five traditional foods that everyone should be eating for excepcional health”, do NaturalNews.

Comente este artigo

Populares

Topo