X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Depois de O Entregador, outro participante do Startup Farm recebe investimento: Wabbers


f wabbers app transito startup farm investimentoContrariando a maioria, André Paraense, Gustavo Marquini, Vinícius Santini e Vitor Hugo Almeida, que criaram a Wabbers, aplicativo para soluções de trânsito, estão em negociações há 6 meses e agora podem anunciar o investimento realizado pela Inova Venture Participações (IVP).

 

 

Por meio do processamento de informações sobre condições de trânsito de diferentes fontes e bancos de dados, o Wabbers gera as melhores rotas em tempo real. O aplicativo também permite ao usuário aproveitar melhor seu tempo ocioso parado no trânsito por meio de ferramentas de produtividade.

Allan Mobley, Leandro Morais e Vítor Velden, d’O Entregador também conseguiram superar o obstáculo do investimento e receberam aporte de capital do Peixe Urbano. A plataforma desta startup oferece a entrega de comida via pedido online e conta com diversos restaurantes que já aderiram ao sistema e modelo de negócios, baseados em performance.

dbe situação condição trânsito estradas

O que estas duas empresas têm em comum? Wabbers e O Entregador participaram da 1ª edição do Startup Farm em São Paulo, entre agosto e setembro de 2011. “A participação no Startup Farm foi fundamental para refinarmos a proposta de solução, as hipóteses do modelo de negócio e o pitch para investidores. Recebemos um pequeno aporte, equivalente a um investidor anjo. Como rodamos com um custo muito baixo, calculamos que é o suficiente para vencermos o primeiro estágio,que é construir um bom produto”, finaliza André Paraense.

“O Startup Farm nos levou para um novo patamar em termos de contatos. Passaram a fazer parte da nossa rede importantes mentores, empreendedores e investidores. Além dos próprios organizadores e mentores, conhecemos o Alex, um dos fundadores e atual CTO do Peixe Urbano, no Startup Farm. Mostramos nossa equipe e nosso projeto para ele e, desde o começo já deu para ver que havia sintonia entre a cultura das empresas”, conclui Vítor Velden.

O que é o Startup Farm

O Startup Farm é o maior programa de aceleração de negócios digitais brasileiro. Em seu modelo, inédito no Brasil, empreendedores desenvolvem suas ideias a partir da troca de experiências com os colegas e da orientação de mentores experientes no mercado digital. Em 2011, o Programa passou por São Paulo e Rio de Janeiro. Belo Horizonte foi a primeira cidade de 2012, em março é a vez de Brasília receber a iniciativa e na sequência São Paulo (2ª edição) e Florianópolis.

O programa é dividido em quatro módulos, que abordam temas como processos lean, formação de equipe, estudo de mercado, modelagem de negócio, teste de conceito, elaboração de protótipo, relação com investidores e capital de risco, além da elaboração de “pitches”, que permitem aos empreendedores apresentar rapidamente seus negócios para o público e assim vender seu peixe.

Um dos destaques é o networking, a rede de profissionais que se envolve de diferentes formas com o Programa e potencializa os resultados de cada participante. Formada por investidores, empresas, empreendedores de sucesso e profissionais especializados, a rede faz toda a diferença. “Nossos mentores são referências em suas áreas de atuação e aportam muita experiência e conhecimento nas startups do Programa”, afirma Felipe Matos, fundador do Startup Farm. Outro fator decisivo para catalisar todo este fluxo de pessoas, conhecimentos e experiências, são os eventos programados para facilitar a rede de relacionamentos e o fato de que as equipes trabalham durante o dia em espaços de co-working, criados para permitir a criatividade, a interação e a colaboração entre os participantes.

“O Startup Farm BH foi um choque de realidade enquanto empreendedor e profissional e dentre tantas coisas que aconteceram, os mentores foram essenciais no meu crescimento e no nosso projeto. Ter mentor padrinho foi muito importante e o nosso foi o Felipe Matos, que agregou muito, mexeu na nossa ideia, ajudou e conseguimos chegar à final”, finaliza Thiago Gaspar, do Bipster (edição Belo Horizonte).

Próximos eventos da edição Brasília

Brasília já tem a data da grande final: dia 16 de abril é o DemoDay, quando os times finalistas se apresentam para uma banca de investidores. Aberto ao público o evento marca o final de cada edição e é mais um momento de networking. Nas edições anteriores, reuniu mais de 150 profissionais que atuam na área de negócios digitais desde empreendedores experientes, iniciantes, imprensa especializada, agências e fundos de investimento e toda a rede que participa dos 30 dias do Startup Farm em cada cidade.

Quem realiza

O Startup Farm é realizado pelo Grupo Instituto Inovação e, em Brasília, conta com o patrocínio do Sebrae Nacional, Sebrae-DF e Polaris. E apoio de: CDT/UnB, Microsoft, Moip, Peixe Urbano, Google, Samba Tech, Endeavor, Inventta, Startup Base, Agenda Fácil, StartupDev, TeamWare, Inventta, Startup Base, Agenda Fácil, Bootstrappers, Baptista Luz, Inseed Investimentos, IPe, Anjos do Brasil, 21212, ActVoz, Abstartups, Startupi, WebHolic, Indústria do Conhecimento e Marina Queiroz Comunicação.

Mais Informações: http://startupfarm.com.br

dbe  lLHteikHg

Via RSS de startupi

Leia em startupi

Comente este artigo

Populares

Topo