X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

O WikiLeaks criou uma base de dados com todas as informações vazadas da Sony


Cinco meses depois do vazamento de emails da Sony Pictures Entertainment, o WikiLeaks divulgou nesta semana o “The Sony Archives”, um arquivo público com todos os 173.132 emails e 30.287 documentos do estúdio que foram expostos na internet após um ataque hacker aos servidores da companhia em novembro do ano passado. Este vazamento divulgou dados, emails e documentos de mais de 47 mil pessoas, incluindo funcionários, executivos e artistas da Sony.

>>> Eu trabalho na Sony Pictures: eis o que o estúdio está fazendo após a invasão hacker

>>> A Sony tinha milhares de senhas dentro de uma pasta chamada “Password”

O WikiLeaks desenvolveu uma base de dados com um motor de busca criado especialmente para explorar a base, tornando fácil a busca por termos ou nomes específicos — ela pode ser feita ainda por tipo específico, seja email, documento ou todos os arquivos juntos.

O arquivo contém os mais diversos tipos de email, desde discussões sobre Edward Snowden, a telefones de atores e executivos (alguns do Brasil, inclusive). Alguns destes se tornaram notícia no final do ano passado, como o vazamento de títulos, roteiros e filmes inteiros, ao salário de atores e troca de emails privados entre celebridades e executivos da Sony, alguns picantes, como os que Amy Pascal, então vice-presidente da Sony, trocou com Tate Taylor, ator e diretor de filmes:

daca TCAxtKHztw

Via RSS de Gizmodo Brasil

Leia em Gizmodo Brasil

Comente este artigo

Populares

Topo