X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Pesquisa aponta que redes sociais são meio de discussão política para usuários brasileiros


Iniciativa da empresa de CRM Social eCRM123 revela o que os internautas eleitores pensam a respeito das redes sociais como meio para a discussão políticaA eCRM123, especializada em CRM Social (o gerenciamento das relações entre marcas, produtos e consumidores nas redes sociais) acaba de divulgar os resultados da pesquisa “Rede social é lugar para política?”. Dos participantes, 85% acreditam que as redes sociais são meios de comunicação adequados para a discussão política, com destaque para o Facebook, apontado por 40% dos participantes. Outros 37% acreditam que todas as redes são eficientes, enquanto 11% preferem o Twitter. Os blogs têm 8% da preferência dos pesquisados e somente 2% apontaram o Google+, à frente apenas do Youtube e do LikedIN, com 1% cada.

Questionados sobre os assuntos que os internautas brasileiros gostariam de discutir nas redes sociais, 49% optaram pelo plano de mandato, 26% por temas relacionados à corrupção, 14% se interessam por esclarecimentos de boatos, 7% preferem discutir sobre outros assuntos e apenas 4% se interessam em falar sobre CPI.

A pesquisa ainda abordou se, após as eleições, os eleitores internautas gostariam de continuar interagindo com seus candidatos nas redes sociais e 86% deram uma resposta positiva. Dos entrevistados, 89% acreditam que prefeituras e governos estaduais deveriam utilizar mais as diversas redes sociais para discutir política com a população.

Com relação à interatividade e ao uso das redes sociais, a eCRM123 identificou que 36% dos participantes acreditam que seus candidatos não são “interativos”, sendo que 35% acreditam que eles não sabem utilizar as redes corretamente. De acordo com o estudo, exatamente por compreenderem que a interação com seus candidatos não correspondem ao esperado, 43% afirmam ter deixado de curtir, e, portanto, de receber atualizações diretamente da fanpage de seu candidato à eleição. Outros 57%, contudo, afirmam continuar “curtindo”.

A eCRM123 também descobriu que 45% dos participantes da pesquisa já enviaram mensagens aos seu candidatos, porém apenas 27% deste universo obtiveram uma resposta que tenha agradado. A pesquisa on-line “Rede social é lugar para política?” foi realizada no mês de agosto com 332 pessoas, utilizando o software eCRM123.

c infografico campanhapolitica

Via divulgação Rosa Arrais.

Via RSS de Blog Mídia8!

Leia em Blog Mídia8!

Comente este artigo

Populares

Topo