X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Quando o feitiço vira contra o feiticeiro.


bcabd adbadedfc wi

Olha que situação curiosa…um vendedor foi no meu curso de vendas bancado pela empresa em que ele trabalhava; no curso eu mostro como usar a Linkedin para arrumar novos clientes, ele nunca tinha usado a linkedin e nem estava cadastrado por lá, no dia seguinte a realização do curso ele criou o seu perfil na Linkedin, um dia depois chamaram ele para uma entrevista de emprego, cinco dias depois ele já estava empregado na nova empresa.

Eu penso em três coisas sobre o que aconteceu. 

(1) O profissional NÃO DEVERIA sair de uma empresa que acaba de bancar um curso para ele. Eu penso que é errado. Ele deveria ficar pelo menos uns 6 meses e usar tudo que aprendeu para ajudar a empresa atual a ter resultados.

(2) As redes sociais são incríveis para recolocação. Todos os melhores headhunters vivem na Linkedin na caça de pessoas talentosas. ATUALIZE 100% o seu perfil na Linkedin se deseja ser encontrado pelos caras.

(3) Apesar do que aconteceu, eu acredito que a empresa deve CONTINUAR a investir nas pessoas e formá-las. Em paralelo eu penso que a empresa deve fazer uma reflexão sobre as coisas erradas que vem fazendo e que provavelmente levaram o cara a sair. 85% das pessoas saem da empresa por causa do chefe que tem. O chefe é responsável por brigar por oportunidades, salários e tudo mais. A empresa deve olhar para o chefe do cara e cobrar uma resposta e um plano para evitar que a situacão se repita.

VAMOS QUE VAMOS!

Via RSS de BizRevolution. Um Novo Olhar Sobre As Mesmas Coisas.

Leia em BizRevolution. Um Novo Olhar Sobre As Mesmas Coisas.

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo