X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Startup e trabalho remoto combinam?


homeoffice450

Há algumas semanas eu estava conversando com um jovem empreendedor, o Murilo Maciel Curti, da Noots, e ele me contou que por enquanto tanto ele quanto o sócio, Oswaldo Salzano, trabalham remotamente. A startup não tem um escritório fixo e suas reuniões são feitas em locais públicos, como as cafeterias Starbucks. Por enquanto, o trabalho remoto está dando certo e eles pensam em montar um escritório apenas quando receberem investimento para o negócio.
Mas, startup e trabalho remoto sempre combinam? Tudo depende. No caso da Noots, ainda não há funcionários contratados e os perfis dos dois são complementares: Curti fica com a programação enquanto Salzano cuida do marketing digital e do design. Num post recente no Young Entrepreneur Council, a empreendedora Allie Siarto, da Loudpixel, falou sobre como o trabalho remoto funciona na empresa que ela e o marido criaram enquanto moravam em cidades diferentes e deu cinco dicas preciosas para quem está na mesma situação.

Faça reuniões com todos os membros da equipe com frequência – Allie afirma que tem reuniões semanais com cada funcionário por Skype sempre nos mesmos dias e horários, para falar sobre os projetos e seu progresso;

Compartilhe listas de tarefas virtualmente – A empreendedora diz que sempre que sua empresa tem uma série de projetos para entregar, ela faz uma lista de tarefas e compartilha com todos. Conforme os funcionários se responsabilizam pelas tarefas, elas somem da lista e sempre é possível saber o que ainda precisa ser feito. Trabalhar assim evita trocar infinitas de e-mails e dá uma visão geral do que cada um está fazendo;

Crie um meio de dizer que você está trabalhando – Na Loudpixel, o sinal de que a pessoa está trabalhando é ficar online num programa de mensagens (no caso, a empresa usa o HipChat, pois já teve problemas com o Skype). Assim eles mantêm a camaradagem de um ambiente de trabalho, compartilham ideias, links interessantes para o trabalho e fazem perguntas;

Faça hangouts para a equipe – Allie diz que uma ferramenta que a empresa começou a usar recentemente é o hangout, do Google+. Semanalmente eles gravam videocasts curtos sobre tópicos relacionados à empresa, o que tem sido uma ótima experiência, pois ajuda a manter todo mundo a par das novidades da área;

Não se esqueça de encontrar seus funcionários pessoalmente – Se for possível, comece trabalhando num escritório antes de passar para o home office. Se as pessoas estiverem em cidades diferentes, tente viajar regularmente para encontrá-las. Nem todo mundo se dá bem trabalhando sozinho. O melhor é testar antes para se certificar de que todos os funcionários que fazem home office estão habilitados para isso.

Via RSS de Papo de Empreendedor

Leia em Papo de Empreendedor

Comente este artigo

Populares

Topo