X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Um guia de SEO para equipes editoriais e jornalistas


Nesse guia de SEO para equipes editoriais e jornalistas, vamos apresentar os conceitos básicos de SEO e o passo-a-passo para colocar o SEO no coração da produção de conteúdo editorial.

Para começar, veja uma declaração de Krishna Bharat, fundador do Google News, sobre SEO  no Innovation Journalism Conference em Stanford.

SEO PARA JORNALISTAS E EQUIPES EDITORIAIS

As equipes editoriais são colocadas, muitas vezes, na linha de frente do SEO. Isso está correto, porque os editoriais são, de fato, a linha de frente do SEO.

Claro que existem importantes aspectos técnicos para o SEO, envolvendo código, urls, redirecionamentos, arquivo robot.txt, meta-tags e atributos do tipo “rel”. E mutos SEOs são programados para ter muita ênfase.

Mas todas essas questões técnicas são como um mecânico em uma corrida de carros. São importantes, mas não vão ganhar as corridas. Para ganhar, você precisa de estratégia, um plano de jogo e um piloto.

Para ganhar a corrida do SEO você vai precisar de conteúdo editorial de qualidade. Sem esse editorial, o seu SEO não vai a lugar algum. Vamos ser mais precisos:

O SEO precisa que sua página seja linkada em outro lugar. Quanto melhor for o seu editorial, melhor serão seus links.

O editorial não pode ser prejudicado na otimização do seu site

Os editores vão por vezes reclamar que o SEO é inimigo do editorial. “Uma boa história não deveria nunca ser escrava de uma palavra-chave ou de um sistema de busca”, pode ser a reclamação. Nós concordamos.

O SEO não deve ser um empecilho na produção de conteúdo editorial de qualidade.

Então, siga os passos desse guia e coloque a sua equipe editorial pra vestir a camisa do SEO.

Caro editor, o que o SEO traz para você?

O que o SEO traz para os editores? Boa pergunta. Aqui estão duas respostas:

1) Mais leitores para as suas histórias.

Há algo que te agrada mais que isso? A não ser que seja:

2) Ser promovido e ganhar mais dinheiro.

Se as suas histórias são as que tem mais leitores, menções e respostas, isso deve te ajudar quando vier uma promoção, quando se inscrever para novos trabalhos e aumentos salariais.

Algumas questões básicas do SEO

Uma palavra-chave é uma palavra ou frase usada para fazer uma pesquisa.

Chato, sabemos, mas uma palavra-chave não é apenas uma palavra.

Na imagem abaixo, treino de meia maratona é uma palavra-chave. Assim como todas as sugestões que o Google está fazendo.

de pesquisa google

Palavras-chave alvo são as palavras-chave que você gostaria que, quando pesquisadas, tivessem o seu site como primeiro resultado.

Alguém tem que decidir quais são as suas palvras-chave. Pode ser uma equipe especializada em SEO ou pode ser você.

Fazer uma lista de palavras-chave alvo é muito simples.

Priorizar essas palavras-chave é que é mais difícil.

Sua lista de alvos pode ter centenas ou mesmo milhares de palavras-chave, então alguém tem que fazer uma lista de prioridades já que você não vai conseguir usá-las todas de uma vez.

O Google adora links.

Links internos são importantes. Links de outros sites no seu são muito importantes.

O Google vê links de um site para o outro como um voto de confiança nesse site.

Você pode pensar “não podemos simplesmente comprar alguns links?”. E você pode. Mas se você for pego pelo Google, você pode ser penalizado e perder muito tráfego.

A melhor maneira de conseguir links é ganhá-los com seu editorial de qualidade.

O Google ama links de textos.

Um link de texto é um link que é um texto (e não uma imagem). Você pode muitas vezes detetar o link de texto porque ele está azul e sublinhado.

Com um link de texto, o Google associa o voto de confiança (o link) com o texto que está no link.

Vamos resumir como funciona:

Palavras-chave alvo + links de texto = palavras-chave enriquecida por links de texto = SEO bem-sucedido

Então se treino de maratona é uma palavra-chave alvo, vai aumentar bastante as suas chances de ficar bem colocado para a palavra-chave se outros sites te linkarem com treino de maratona no texto do link.

Uma maneira simples de fazer isso acontecer é:

  •  Criar um ótimo editorial sobre treino de maratona
  •  Incluir treino de maratona na parte de título da página
  •  Ter certeza de que outros sites sabem sobre os novos conteúdos do seu site

Então você vai ter links que usam o seu título e, portanto, colocar treino de meia maratona no texto do link.

Viu como um editorial de qualidade é importante para o SEO?

De palavras-chave a nichos de palavras-chave

100 bilhões de pesquisas foram feitas em sites de busca desde 2009.

Use o Google Analytics (ou outro software de análise) para encontrar quantas dessas encontraram o seu site.

A imagem abaixo é de um relatório de palavras-chave do Google Analytics que mostra 129.877 visitas orgânicas (não-pagas) do site de busca em um mês.

de keywords%report%from%google%analytics%

Esse relatório é chamado de relatório de palavras-chave porque mostra os visitantes que vieram para o site após pesquisarem em sites de busca com uma palavra-chave. Olhe para esse título novamente:

Pesquisa manda 129.877 visitas não pagas via 69.995 palavras-chave.

Existem muitas palavras-chave diferentes. Esse é uma vista rápida na longa calda das palavras-chave – o imenso número de diferentes palavras-chave. Algumas são usadas apenas uma vez.

83% dessas 69.995 palavras-chave trouxeram apenas uma visita.

É claro que não é possível ou prático ter como alvo 70.000 palavras-chave diferentes. E por que tornar alvo uma palavra-chave que trás apenas uma visita?

Mas se você só focar aquelas poucas palavras-chave que pode trazer mais visitas (suas palavras-chave principais), você todo o resto.

A resposta para esse dilema é focar em grupos de palavras-chave que nós vamos chamar de nichos de palavras-chave.

Um nicho de palavras-chave é um grupo de palavras-chave contendo a mesma base. Ou seja, não apenas treino de meia maratona, mas todas as palavras-chave contendo treino de meia maratona, como aparece nas sugestões do Google.

Foque em nichos de palavras-chave e você estará focando em centenas de palavras-chave de uma vez.

Como ter certeza de que sua página de editorial é otimizada para mecanismos de busca

Deixe cada página focada em um objetivo, se você puder.

Encontre uma palavra-chave alvo que bata com esse objetivo.

Bons títulos farão com que o a sua história seja lida, passada para frente e linkada.

Lembre que títulos irão aparecer em links de texto porque títulos são usados para linkar com histórias.

Então, títulos com palavras-chave alvo são uma coisa boa.

Mas não deixe que isso seja um empecilho para criar bons títulos. Links sem link de texto são tão importantes quanto os com. Nós precisamos dos dois. Então…

Encontre um bom título antes…

… e tente adicionar uma palavra-chave alvo depois.

A tag da página

A tag da página é um texto em código que aparece no topo da janela do browser.

Para editar a tag da sua página, você deve usar o seu sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS). Não o deixe como uma configuração padrão.

Focar nas palavras-chave alvo (colocá-los na frente) o que deveria (claro) ser relevante para o conteúdo a página.

Mantenha-a pequena – 10 palavras no máximo.

Se puder, torne-a mais interessante. Seduza mesmo.

Adicione o seu site ou marca no final.

Alguns exemplos:

  • Inbound Marketing | Yow Internet
  • Menos dor nas costas para ciclistas – ajuste o seu selim! Sports Performance

A tag de descrição

A tag de descrição é um texto em código que aparecem nas páginas de resultado dos mecanismos de busca (SERPs) no fragmento como o abaixo:

de busca google yow

Controle as suas URLs e mantenha-as organizadas

Sistemas de gerenciamento de conteúdo (CMSs) frequentemente usam os títulos das páginas para fazer uma versão padrão da última parte da URL.

Para evitar URLs muito grandes, você deve modificar manualmente, de forma que ela ainda tenha ligação com o título, mas que seja menor.

Categorias de páginas

Sites com mais de 10 ou 20 páginas precisam de categorias de páginas.

É preciso uma lista de categorias de páginas que esteja linkada com as categorias relacionadas. Por exemplo, em um site sobre carros, a páginas de categorias carro esportivo deve ter uma lista de links sobre carros esportivos.

Para ser listado na categoria carro esportivo, um conteúdo (um artifo de blog, vídeo, etc) tem que estar categorizado como tal.

Suas categorias são, normalmente, suas principais palavras-chave alvo.

A organização dessas categorias e de subcategorias no seu site é taxonômica. E essa taxonomia é o esqueleto do seu SEO. Sua página de conteúdo editorial é o corpo e os músculos.

O SEO sem uma taxonomia consederável é perda de tempo. É preciso planejá-lo com cautela.

de QHpCF

Via RSS de YOW I Soluções para Inbound Marketing

Leia em YOW I Soluções para Inbound Marketing

Comente este artigo

Populares

Topo