X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Empreendedorismo

2 palavras que Steve Jobs odiava

AspalavrasqueSteveJobsodiava

Saiba as palavras Steve Jobs não admitia que fossem pronunciadas dentro da Apple


Saiba as palavras Steve Jobs não admitia que fossem pronunciadas dentro da Apple

Não é sempre que temos a oportunidade de ouvir novos relatos em primeira mão de como era trabalho para Steve Jobs.

Quando nós começamos uma nova chance, há sempre algo novo a ser revelado sobre como ele moldou a cultura da empresa.

Tomemos, por exemplo, esta nova entrevista com o ex-vice-presidente da Apple de Comunicação de Marketing, Allison Johnson.

De 2005 a 2011, Johnson foi uma das poucas pessoas da Apple a ter uma linha direta de comunicação com o próprio Steve Jobs. De acordo com John, as 2 palavras mais odiadas na Apple eram “branding” e “marketing”.

Na mente de Steve, as pessoas associam branding com publicidade televisiva e comerciais e, isso são coisas artificiais. A coisa mais importante era a relação das pessoas com o produto.

Assim, qualquer momento, dizer branding, era uma palavra suja na Apple.

Sobre marketing, Johnson diz que marketing é quando você tem que vender para alguém.

Se você não está fornecendo valor, se você não está educando as pessoas sobre o produto, se você não está os ajudando a ter o máximo do produto, você está vendendo. E você não deve fazer assim.

Espere um pouco. Não é o marketing o que a Apple faz de melhor? Como pode o chefe de marketing no mundo da Apple afirmar que o marketing era um palavrão na empresa.

Respondendo a uma pergunta semelhante de seu entrevistador, Johnson explica que a Apple tratou suas campanhas de lançamentos como grandes esforços para educar o seu público sobre os novos produtos da empresa.

O que era importante sobre isso é que a equipe de marketing andava lado a lado da campanha de desenvolvimento de produtos e da equipe de engenharia.

Assim, era possível entender profundamente o que era o produto, qual o objetivo do produto e qual o papel que ele deveria ter na vida das pessoas. E por estar tão perto era possível traduzir isso na comunicação.

___

Este artigo foi adaptado do original, “The Two Words Steve Jobs Hated Most”, da Entrepreneur.

Comente este artigo

Populares

Topo