X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Marketing Digital

O marketing tem um problema de marketing

O marketing tem um problema de marketing

O marketing tem um problema. Aqui está como solucionar seu problema de rejeição entre consumidores


O marketing tem um problema. Aqui está como solucionar seu problema de rejeição entre consumidores

O que é marketing para você?

O que é marketing para você?

Pergunta para a maioria das pessoas o que elas acham que é marketing e eles vão dizer que marketing é um anúncio, um panfleto, ou alguma forma de promoção. O marketing tem um problema de marketing.

É verdade, a palavra publicidade tornou-se algo que deixa um gosto ruim na boca.

E com todas as distrações digitais oferecidas pela vida mobile, só porque o seu anúncio está ligado, ou que alguém esteja na frente dele, não significa que estejam prestando atenção.

Parece que as pessoas aprenderam uma maneira de filtrar a publicidade, e tudo aquilo que “cheira” a marketing.

Como as pessoas enxergam os anúncios?

Como as pessoas enxergam os anúncios?

Os meios digitais ofereceram a promessa de atingir os consumidores com o que eles queriam, quando eles queriam. Mas, de longe, quais são os piores criminosos do mundo digital? Os banners.

Por isso, não se desespere com algumas estatísticas:

  • 73% das pessoas não iriam se importar se as marcas que elas usam desaparecessem de suas vidas.
  • Palavras como “publicidade”, “marketing” e “anúncios” vem despencando no Google Trends.

Então, quem vai salvar o marketing?

O marketing de conteúdo e o storytelling são o combustível que acendem o fogo que lhe permite ser encontrado, compartilhado, e ainda obter novos clientes, no meio disso tudo.

Pense nisso dessa maneira: desde o início dos tempos, a raça humana tem utilizado suas habilidades de comunicação para transmitir histórias de sobrevivência.

Quando nós evoluímos, longe de estarmos no modo luta diária, usamos as histórias para entreter e criar uma base de conhecimento compartilhado.

Mas as melhores histórias não são sobre a informação que transmitem, mas sim sobre a ligação emocional que elas criam.

Hoje seus clientes esperam que você se importe.

Eles esperam algo em troca de seu tempo, atenção e lealdade.

Se você contar uma história sobre a sua marca e seus clientes através de um grande conteúdo, em seguida, entregue esse conteúdo no momento certo, de uma forma valiosa, enquanto continua ir além.

Isso vai fazer com que você crie um público fiel à marca e garanta o sucesso de sua estratégia de conteúdo.

Mas você também precisa pensar como um marqueteiro e agir como um editor.

O conteúdo não é uma campanha. Ele precisa ser gerenciado como um ativo, como uma estratégia para gerar retorno sobre investimento.

O marketing de conteúdo eficaz é uma combinação de criação, licenciamento, e um pouco de curadoria sobre o conteúdo.

O que você precisa para criar uma estratégia (ou mentalidade) de conteúdo? Aqui está o principal:

  • Conteúdo não é uma campanha. Mantenha o foco na estratégia.
  • Combine conteúdo inédito, co-criado, terceirizado e com a participação de seu público online.
  • Foque em como escalar o conteúdo.

Mantenha o foco em criar pensando na qualidade do seu conteúdo, e em seguida, construa uma plataforma que permita você dimensionar e transformar a sua qualidade em quantidade (com qualidade).

Foi com essas ideias que Michael Brenner, chefe de estratégia do NewsCred, se apresentou no SummitArgyle em Nova Iorque. Esse texto foi baseado em suas ideias. Mas você pode ver a apresentação completa abaixo.

___

Este artigo foi adaptado do original, “Marketing Has A Marketing Problem”, do NewsCred.

Comente este artigo

Populares

Topo