X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Destaques

Mulheres no poder: 4 dicas para as empreendedoras de sucesso

Mulheres podem ser tão boas empreendedoras quanto qualquer homem.

Mulheres podem ser tão boas empreendedoras quanto qualquer homem. Confira as dicas para ser uma mulher no poder, no Jornal do Empreendedor.


Apesar da assustadora estatística que aponta que apenas 8% dos líderes de empresas startups são mulheres, acredito que nunca houve um momento melhor para ser empreendedora. Temos um número crescente de mulheres que podem servir como inspiração.

Mulheres podem ser tão boas empreendedoras quanto qualquer homem.

Mulheres podem ser tão boas empreendedoras quanto qualquer homem.

A decisão do Yahoo de dar o cargo de liderança à Marissa Mayer, mesmo sabendo que ela estava em estágio avançado de gravidez, é particularmente excitante. Acompanhe Mayer e confira algumas dicas de uma mulher empreendedora de sucesso.

1. Conexões contam: construa seu network

No início de minha carreira, recebi um grande conselho de uma colega de trabalho: aproveite para pegar o número de telefone e o email das mulheres influentes de sua empresa enquanto espera na fila do café. No começo, tive receio, pois sabia que estas mulheres eram pessoas ocupadas. Nos últimos sete anos, no entanto, tenho mantido contato com diversas empreendedoras líderes e chefes de variados negócios. Muitas delas servem de exemplo para mim, especialmente aquelas que são líderes empresariais, mães de família e esposas, tudo ao mesmo tempo.
Lembre-se que, quando se começa a fazer network com alguém, homem ou mulher, é preciso ser marcante. Isso é resultado de um aperto de mãos firme, sem ser incômodo e um bom contato visual. Fale com confiança sobre seus negócios ou sua ideia. Você pode buscar um mentor, mas não pode esquecer de que também tem experiências a compartilhar.

2. Deixe os outros ajudarem: explore os recursos

Há um número crescente de recursos e organizações dispostas a ajudar mulheres no campo tecnológico, por exemplo; muitas delas fundadas por outras mulheres que, até a geração passada, eram mantidas afastadas deste meio. Em Stanford, fui membro do clube das Mulheres Administradoras, onde líderes femininas como fizeram palestras sobre suas ambições e táticas para alcançar seus ideais. Hoje, sou assinante da Women 2.0, uma organização que oferece conteúdo, comunidades e conferências para mulheres envolvidas com tecnologia. O Springboard Enterprises é um outro programa muito útil para as empreendedoras, pois relaciona não só os negócios, como também os investidores. Recorra aos recursos disponíveis.

3. Não recuse financiamento

Os números mostram o poder feminino em uma recente onda de sucesso. Mulheres fizeram 60% dos clientes da Zynga, 77% do Grupon, 82% do Pinterest e 70% de todos os clientes do ecommerce em geral. Muitas destas mulheres foram financiadas por outras líderes do mercado ou de programas governamentais. Não recuse ajuda externa, quando tiver a sorte de recebê-la.

4. Aprenda a liderar

Fale com convicção, e evite aquele tom de quem faz uma pergunta ao afirmar algo. Você é uma expert em sua própria área, portanto, fale com confiança. Você conhece suas fraquezas, então construa uma equipe que te proteja delas. Isso significa recompensar as pessoas mais qualificadas, sejam mulheres ou homens. Talvez agora seja a sua vez de ser um mentor ou uma mentora.

Nós precisamos de mais mulheres empreendedoras. Compartilhe qualquer dica ou ideia que tiver nos comentários.

Adaptado de texto de Dharmesh Shah, originalmente publicado no On Startups.

Gostou? Assine o Jornal do Empreendedor e receba novidades direto no seu email:

Todos os dias, você recebe no seu email um apanhado geral das notícias do Jornal do Empreendedor. Fique sempre atualizado com o que há de mais recente no mundo do Empreendedorismo no Mundo. Assine grátis agora.

Comente este artigo

Populares

Topo