X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Startup

3 dicas para iniciar seu negócio com um orçamento enxuto

dicasparainiciarseunegóciocomumorçamentoenxuto

Estar à frente de uma startup é aprender a fazer malabarismo com as finanças. Aqui está a melhor maneira de fazer isso


Estar à frente de uma startup é aprender a fazer malabarismo com as finanças. Aqui está a melhor maneira de fazer isso

Há muita conversa ultimamente sobre a ascensão das startups e empresas de investimento e capital de risco retornando a níveis elevados.

Com toda essa tendência também há histórias comuns de excesso de zelo gasto em coisas que a maioria das startups não precisam.

Você pode sentir inveja, se você está cheio de ler sobre as grandes rodadas de capital de risco de outras empresas, mas este artigo é justamente para mostrar a você que você não deve deixar histórias de grandes orçamentos de startups assustá-lo.

Aqui estão 3 das melhores dicas para manter sua startup com um orçamento esquelético.

Afinal, qual o segredo para organizar as finanças de uma startup?

Afinal, qual o segredo para organizar as finanças de uma startup?

#1. Escolha a sua garagem

Não desperdice dinheiro em um escritório. Até mesmo um espaço de escritório dividido pode ser mais do que a startup mediana pode pagar.

Quando Matthew Toren começou o seu primeiro negócio com seu irmão Adam, eles costumavam dormir no sofá da empresa.

Eles eram praticamente sozinhos, e só saiam do escritório para tomar banho na casa de sua mãe para economizar o dinheiro do aluguel para um apartamento e um escritório.

Cada centavo entrou para o negócio e reconhecemos que um dos nossos maiores gastos foi o aluguel.

Não cometa o erro de se comprometer com um contrato de aluguel. Tente viver tão leve quanto possível e combine sua vida e o espaço de trabalho para minimizar seus custos indiretos.

#2. O pessoal é superestimado

Enquanto a contratação de mão-de-obra é muito importante para evitar o desgaste e efetivamente expandir seu negócio, isso não significa realmente contratar uma equipe.

Você deve terceirizar tudo o que você não pode fazer sozinho.

A maioria dos funcionários são totalmente inacessíveis e realmente supervalorizados em uma startup.

Encontre pessoas dispostas a trabalhar em uma base freelancer, então você estará pagando somente pelos os projetos que você realmente necessita em vez de pagar por alguém o tempo todo.

Funcionários em tempo integral também possuem toneladas de custos, benefícios obrigatórios e custos de cuidados com a saúde, bem como custos de folha de pagamento e impostos.

Não contrate funcionários – eles vão te afundar rapidamente.

O freelancer deve ser o funcionário mais amado de uma startup.

O freelancer deve ser o funcionário mais amado de uma startup.

#3. Reduzir, reutilizar e reciclar

Você não precisa da última e melhor qualquer coisa como uma startup. Não desperdice dinheiro com o novo iPhone 6, mobiliário de escritório, suprimentos ou qualquer outra nova eletrônica.

Pesquise em cada canto para encontrar mobília necessária em lojas de segunda mão ou vendas de garagem, repare os eletrônicos existentes para mantê-los em serviço e basicamente encontre uma maneira para reutilizar e reciclar tudo o que você toca.

Papel? Imprima nos dois lados. Canetas? Compre um lote em um atacado ou use sua própria coleção que você acumulou de feiras e de caixas de bancos.

Soa neurótico, mas literalmente cada dólar que você salva é um dólar que você pode colocar em seu negócio agora, então você pode dimensioná-lo, vendê-lo e desfrutar de seu estilo de vida mais tarde.

Seja uma pessoa de resultados finais e mantenha as rédeas apertadas em seu orçamento, através da reutilização de tudo.

Tem alguma outra dica para afinar a startup? Compartilhe nos comentários abaixo.

___

Este artigo foi adaptado do original, “Start a Business on a Bare-Bone Budget With These 3 Lean Tips”, da Entrepreneur.

Comente este artigo

Populares

Topo