X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Vida Saudável

Como a sobrecarga de informação afeta nossa mente

Como a sobrecarga de informação afeta nossa mente

Somos bombardeados por informações de todos os tipos diariamente. Saiba como isso afeta nossa mente e desempenho


Somos bombardeados por informações de todos os tipos diariamente. Saiba como isso afeta nossa mente e desempenho

Atualmente temos vivido num mundo digital cada vez mais conectado. Todos os dias usamos a internet, computadores, telefones celulares, iPhones, gadgets e outros dispositivos que nos conectam ao mundo.

Nós lemos jornais, vemos televisão e ouvimos rádio pela internet (e até mesmo lemos anúncios pela internet).

Porém, estar tão conectado resulta em algo que chamamos de sobrecarga de informação, um termo cunhado pelo futurista Alvin Toffler em 1970.

O termo refere-se a nossa incapacidade de absorver e processar toda a informação que estamos expostos, e esta informação está literalmente em todas as partes atualmente.

Vivemos bombardeados pelo excesso de informação.

Vivemos bombardeados pelo excesso de informação.

A definição do problema

A sobrecarga de informação, ou Síndrome de Fadiga por Informação (IFS) ocorre quando somos submetidos em excesso à mídia, tecnologia e informação.

Nosso cérebro tem dificuldade em manter-se ativo com tudo que nos alimenta e a quantidade de energia que precisamos gastar não ajudam a consumirmos todas essas informações.

O resultado é que nós acabamos tendo dores de cabeça e ficamos esgotados física e psicologicamente o que acarretam em decisões erradas e erros.

O ponto principal é que quando expostos a muita informação e tecnologia não conseguimos nos desligar.

As causas

A sobrecarga de informação está agora em todo mundo: no nosso trabalho, em nossas casas e até mesmo em nosso lazer.

Algumas das causas disso são: acesso generalizado à internet (mídias sociais como Facebook, Instagram e Twitter), uso barato e acessível a telefones celulares, mensagens SMS e internet móvel, consumo online e off-line de notícias, mídia e publicidade (TV, jornais, revistas e outdoors).

O excesso de informação nos faz mal. Tire um dia de folga da internet.

O excesso de informação nos faz mal. Tire um dia de folga da internet.

Soluções simples

A única vantagem para esses problemas é que eles tem uma solução relativamente simples: dar um dia de folga, ocasionalmente, de permanecer conectado a qualquer meio de comunicação e internet, e definir limites para o seu consumo de internet, em horas, por dia.

Essas restrições podem parecer assustadoras para nós, que somos viciados em internet, e fazemos parte de uma geração totalmente conectada, mas é absolutamente imprescindível fazer isso se quisermos recuperar o controle de nossos níveis de energia, saúde mental e saúde de nosso corpo em geral.

Tire um dia inteiro de folga de todas as mídias e dispositivos eletrônicos (incluindo telefones celulares – que pode ser impossível para algumas pessoas) e saia na natureza para relaxar.

Se você se sentir melhor, o que provavelmente vai acontecer, tire 1 dia de folga ocasionalmente, sempre que você sentir a necessidade disso.

Se você preferir trabalhar com um cronograma definido, pegue 1 dia por semana e coloque como o seu dia sem internet. Se isso é muito pra você, torne a sua folga bimestral.

Escolha um horário que se encaixa em sua rotina de trabalho e estudos. Um ponto importante é que mesmo as coisas boas precisam ser usadas com moderação, inclusive a internet.

___

Este artigo foi adaptado do original, “Information Fatigue Syndrome (IFS): What it is and how it affects you”, do Natural News.

Comente este artigo

Populares

Topo