X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Para se levantar sozinho


Gastar o dinheiro dos outros é fácil, mas e quando não dá para contar com investimento externo? Aí o jeito é apostar no Bootstrapping para tirar seu sonho do papel sozinho, com muita disciplina e um pouquinho de sorte. O caminho é longo, mas também não é feito só de perrengue. Quem insiste no modelo garante que há muito mais liberdade e o aprendizado fica para toda a carreira. E eles quase nunca se arrependem.

Caminho das pedras

Mas, se é tão difícil, por que tanta gente investe tempo e dinheiro do próprio bolso nesse modelo de negócios? Apesar de ser trabalhoso e ter muita burocracia, o Bootstrapping é um ótima opção para quem tem ideias inovadoras, daquelas que afff foto horacionenhum investidor topa na primeira conversa. E, no Brasil, o ambiente é bastante favorável, como diz Horacio Poblete, fundador e CEO da Ledface: “Você decidiu empreender no melhor lugar do mundo. Melhor lugar porque, se você conseguir sucesso aqui, meu amigo, consegue até em Marte”.

E as coisas estão mudando. Para Horacio, “a boa notícia é que o ecossistema empreendedor está crescendo a cada dia”, o que aumenta o número de empreendedores que escolhem esse caminho e faz os investidores ficarem mais atentos às startups mais promissoras.

“Se você conseguir sucesso aqui, meu amigo, consegue até em Marte” – Horacio Poblete

Não é fácil

Helder Ribeiro, fundador e CEO da Fonista, não teve escolha. Ele e seu amigo decidiram apostar no Bootstrapping sem afff helder fullres squarenem saber como isso funcionava e perceberam que, quando falta dinheiro, o jeito é ter muita disciplina. “Seu esforço e seu dinheiro têm que ser gastos com a coisa mais simples que vai causar o máximo de impacto. Você é obrigado a colocar o foco em ouvir e satisfazer os usuários em vez de suas próprias ideias”, explica.

Depois de transformar seu sonho em um plano de negócios, o próximo passo é vender essa ideia para um investidor que possa dar uma força ainda maior para sua startup. Mas Helder avisa: essa é uma etapa na qual a maioria dos novos empreendedores têm dificuldade. “Se você não consegue fazer alguém se comprometer a te dar dinheiro pelo que você pretende criar, mesmo que uma quantidade pequena, essa é a primeira coisa a que você deve se dedicar. Empreendedor tem que saber vender”, diz.

“Seu esforço e seu dinheiro têm que ser gastos com a coisa mais simples que vai causar o máximo de impacto” – Helder Ribeiro

Mas você chega lá

Os resultados demoram a chegar, mas quem aceita o desafio afirma que nada é melhor do que ter liberdade para tomar todas as decisões da empresa sem se preocupar em agradar o dono do dinheiro. Para Jader Alvarado Ganzaroli, sócio-diretor da EMPORIO AVANT GARDE, que optou pelo Bootstrapping por não conseguir investimento de outra forma, esse modelo é ainda melhor pelo “prazer de conseguir e as lições que ficam em forma de experiência”.

Se você está decidido a construir sua startup sozinho, Jader dá algumas dicas para evitar os problemas mais comuns:

– Tome cuidado para não comprometer o planejamento inicial, principalmente a fatia de lucro planejada

– Procurar  recursos com algum familiar pode ser uma saída, pois geralmente eles têm baixos juros

– Você não tem que prestar conta com investidores, por isso é importante ter disciplina com relatórios para o seu controle e acompanhamento.

 

Via RSS de ResultsON

Leia em ResultsON

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo