X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Novidades pela net

Redpoint eVentures e IG Expansión investem em comércio social de moda


Em 3 de fevereiro, fomos os primeiros a publicar a notícia de que Redpoint e eVentures estavam se juntando para abrir operação no Brasil. Agora, somos os primeiros a noticiar o primeiro investimento feito por eles, realizado em conjunto com os hermanos do IG Expansión.

Duas das empresas de investimentos que vêm ganhando destaque no cenário de startups de Internet no Brasil, a IG Expansión e a Redpoint eVentures, decidiram se unir para apoiar outro modelo inovador de negócios no varejo de moda: a Sophie & Juliete, social commerce fashion que irá associar o tradicional modelo de venda direta com uma plataforma on-line para gerenciar e fechar as encomendas de acessórios fashion. 

“Nosso modelo irá usar do engajamento proporcionado pelo social commerce para estruturar uma equipe de estilistas que poderão ter na Sophie & Juliete sua principal fonte de renda ou uma renda complementar. Elas poderão convidar amigas para abrirem suas casas para ‘house parties’ para apresentação e venda dos acessórios e também para se tornarem novas estilistas, o que irá garantir ganhos para todas as envolvidas no negócio”, explica o suíço Ronald Beigl, sócio-fundador da Sophie & Juliete, que há dois anos vive no Brasil e aceitou o desafio de empreender no novo modelo.

“Nossas estilistas usarão do seu network e das suas habilidades como boas negociantes para representar nossa marca e estruturar uma poderosa força multiplicadora de vendas. Vamos disponibilizar um catálogo virtual e uma plataforma de e-commerce para que possam ter sites próprios para expor nossos produtos e realizar os pedidos. A Internet será um canal de acesso para estilista realizar a compra e receber sua comissão”, completa Camila Souza também sócia-fundadora.

Com previsão de lançamento para o início do segundo semestre, a Sophie & Juliete projeta ter 2 mil estilistas espalhadas pelo Brasil já no seu primeiro ano de operação. Além do site com uma URL única e personalizada, as estilistas poderão usar de ferramentas de social media, como o Facebook e o Twitter, para divulgar os acessórios e ampliar suas vendas, estruturando assim o que será o primeiro social commerce brasileiro de acessórios de moda.

Remuneração multinível – O modelo de remuneração da Sophie & Juliete será multinível, ou seja, além das comissões recebidas pelas próprias vendas, as estilistas classificadas como sênior também terão direito a uma participação sobre as vendas das estilistas indicadas por ela.

“As estilistas nível 1 terão que vender uma cota mínima mensal para manter o direito de ter outras revendedoras recrutadas por elas. As consumidoras também poderão fazer a compra diretamente pelo site da Sophie & Juliete e indicar qual foi sua estilista para que ela receba sua comissão. Além disso, as encomendas também poderão ser feitas por boleto e posso garantir que será um negócio muito vantajoso para nossas estilistas”, antecipa Camila.

Segundo Jose Marin, do IG Expansión, a Sophie & Juliete segue o modelo já bem sucedido de outras empresas semelhantes que atuam no mercado americano e a forte ligação das mulheres brasileiras com o universo da moda cria um cenário extremamente favorável para uma startup que, além de vender acessórios fashion, irá ter um grande apelo social na medida em que as ajudará a ter uma nova maneira de reforçar o orçamento.

“Elas irão trabalhar com um universo com o qual têm grande envolvimento e paixão, o que irá nos garantir construir um time de vendas absolutamente motivado e vencedor. Estamos certos de que iremos atrair milhares de estilistas, já que a estrutura necessária é basicamente um computador conectado com a Internet”, aposta Jose Marin, que, ao lado de Carlos Martín, decidiu não apenas investir, mas ser um dos co-fundadores do negócio.

“Identificamos esta oportunidade para o mercado brasileiro e encontramos dois empreendedores com um histórico profissional de sucesso, o que nos levou, dentro da filosofia do IG Expansión, a não apenas investir, mas a estruturar o negócio junto com os sócio-fundadores”, acrescentou Carlos Martín.

“A única habilidade que nossas estilistas precisarão é ter simpatia e poder de persuasão para convencer as amigas a comprar e a fazer parte da nossa força de vendas. O Brasil reúne todos os elementos para transformar rapidamente a Sophie & Juliete em um negócio de sucesso”, finaliza Anderson Thees, da Redpoint eVentures.

Perfil Camila Souza

Formada em Administração de Empresas pela Faculdade Insper São Paulo e com MBA na Harvard Business School, Camila Souza reúne uma larga experiência em consultoria de negócios pela Bain & Company nos escritórios de São Paulo e Nova York, com passagem pela SODIMAC, do Grupo Falabella, em Santiago do Chile.

Perfil Ronald Beigl

Formado em Administração pela Universidade de St. Gallen, Suiça e com MBA pela IESE Business School, Ronald Beigl também atuou na Bain & Company nos escritorios de São Paulo, Zurich e Munique com passagens em empresas como Deutsche Bank e Jet Aviation.

ff baJoln

Via RSS de startupi

Leia em startupi

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo