X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Empreendedorismo

Melhores truques de produtividade para sua rotina

Melhores truques de produtividade para sua rotina

Algumas pequenas coisas na sua rotina de trabalho podem ajudar a você ter um desempenho incrível. Veja a rotina de produtividade de Alan Turing


Algumas pequenas coisas na sua rotina de trabalho podem ajudar a você ter um desempenho incrível. Veja a rotina de produtividade de Alan Turing

Alan Turing é um dos primeiros cientistas da computação da história. Ele não foi apenas um matemático, lógico, criptoanalista. Ele foi também uma das figuras mais influentes na modelagem de dados.

Você não pode realizar isso sem alguns truques de produtividade inteligentes.

Turing voltou aos holofotes recentemente com a notícia de que pode ser perdoado no Reino Unido pelas acusações de atentado violento ao pudor, o que levou ao seu tratamento com hormônios e, eventual suicídio em 1954.

As realizações de Turing têm um papel fundamental na quebra do enigma das maquinas nazistas de criptografia e o desenvolvimento do agora famoso teste de Turing – uma etapa chave no desenvolvimento de inteligência artificial.

Dito isso, vamos ver alguns truques que ele usou para realizar essas proezas.

#1. Divida as tarefas maiores em pequenas tarefas

Uma das habilidades mais evidentes de Alan Turing foi a sua capacidade de quebrar grandes tarefas e problemas em partes menores para que pudesse resolvê-los passo-a-passo.

Essa é uma habilidade extremamente difícil de se dominar, mas que provou ser útil para Turing ao longo de sua vida.

Como aponta Ars Technica, isso é evidenciado na forma como Turing e sua equipe conseguiu quebrar os enigmas nazistas.

Enigma Machine era um sistema de codificação usado pela Alemanha na Segunda Guerra Mundial para enviar mensagens criptografadas.

Primeiro, Turing e sua equipe observou que as máquinas não poderiam encriptar qualquer tipo de mensagem, apenas as mensagens feitas por ela mesma. Em seguida, sua equipe aproveitou padrões revelados quando os operadores alemães esquecido deixaram de alterar suas configurações.

Aqui Turing começou a trabalhar nos conceitos de número computáveis. Um passo de cada vez, uma descoberta atrás da outra.

Na equipe de Turing, a ideia de quebrar os problemas em problemas menores era uma regra geral e Turing sabia da importância disso mais do que ninguém.

Turing quebrou o problema da máquina em pequenos problemas, organizando e olhando o que estava acontecendo e, em seguida, resolver cada problema individualmente.

Isso é algo que todos nós podemos aprender.

#2. A mesa desarrumada pode trazer criatividade

Turing (além de outros pensadores) eram da opinião de que uma mesa bagunçada era uma benção para a criatividade.

A desordem é frequentemente associada com o gênio artístico, criativo e científico ou matemática, a espontaneidade, mas também com descuido, excentricidade, loucura e insegurança.

Com o tempo, vimos estudos que têm argumentado a favor e contra a ideia de se uma mesa limpa ou uma mesa bagunçada é mais eficiente.

As hipóteses são de que isso é um traço de personalidade: se você é uma pessoa que pensa melhor com uma mesa bagunçada, não se preocupe com isso, pois provavelmente não afetam sua produtividade, tanto quanto aqueles que preferem a organização.

A desordem pode ser uma maneira de manter a sua produtividade.

A desordem pode ser uma maneira de manter a sua produtividade.

#3. Exercite-se para esvaziar a mente

Apesar do estereótipo de incapaz frequentemente associadas com as personalidades geeks como Turing, ele era um corredor ávido e gostava de se exercitar.

Na verdade, Turing chegou em quinto na maratona classificatória para os Jogos Olímpicos de 1949.

A corrida foi uma parte fundamental e isso o ajudou a clarear a mente.

Eu perguntei a Turing um dia porque ele se sacrificava tanto nos exercícios. A sua resposta foi que ele tinha um trabalho tão estressante que a única maneira de tirá-lo da sua cabeça era o exercício físico.

Turing, certamente, não é a primeira pessoa a usar o exercício físico para fazer isso. Portanto, isso acaba sendo um bom lembrete de que o exercício pode ser uma ótima maneira de ajuda-lo a pensar melhor.

É lamentável que a homofobia feroz evidente no pós-guerra britânico ofuscou as conquistas de Turing só foram reconhecidas anos após a sua morte.

Mas, há muito a aprender com ele agora.

___

Este artigo foi adaptado do original “Alan Turing’s Best Productivity Tricks” do Lifehacker.

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo