X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Storytelling

A arte de contar a história da sua marca: 4 maneiras de fazer isso do jeito certo

Aartedecontarahistóriadasuamarca:maneirasdefazerissodojeitocerto

Aprenda a usar ideias de storytelling para promover sua marca de um jeito único


Internet Trends 2019Powered by Rock Convert

Aprenda a usar ideias de storytelling para promover sua marca de um jeito único

Qual a melhor maneira de contar a história do seu negócio?

Qual a melhor maneira de contar a história do seu negócio?

As histórias que se aplicam aos negócios não são sobre contos de fadas. Pelo contrário, é sobre como seus produtos ou serviços existem no mundo.

É quem você é e o que você faz para os outros – como você adiciona valor à vida das pessoas, alivia os seus problemas, satisfaz suas necessidades. A história convincente de uma marca dá ao seu público uma maneira de se conectar, uma pessoa com a outra, e para o seu negócio como o que é: uma entidade viva executada por pessoas reais que oferecem valores reais.

Dessa forma, o seu conteúdo não deve “contar histórias” em tudo – simplesmente deve dizer as verdadeiras, e contá-la bem.

E como você descobre histórias de sua organização e as conta de uma forma que se relaciona com o seu cliente?

Vamos começar com algumas características de uma história convincente:

#1. É uma história Verdadeira

Faça a verdade ser a base de tudo que você cria. O seu conteúdo de marketing deve caracterizar pessoas reais, situações reais, emoções e fatos genuínos.

Sempre que possível, deve mostrar e não dizer. Ela deve explicar – e em termos que as pessoas possam se relacionar – e como sua empresa agrega valor à vida de seus clientes.

#2. É uma história humana

Mesmo que a sua empresa venda para outras empresas, se concentre em como seus produtos ou serviços tocam as vidas de pessoas reais. À propósito, ao escrever sobre as pessoas, siga esta regra: seja específico o suficiente para ser incrível e universal o suficiente para ser relevante.

#3. É uma história original

Sua história deve oferecer uma nova perspectiva: o que é interessante sobre a sua empresa? Por que ela é importante?

#4. A história funciona para o cliente?

Já li muitas histórias de marcas que foram mal produzidas e saíram com um sentido corporativo centrado e indulgente. De acordo com o professor Don Murray: “o leitor não vira a página com sede de aplaudir”.

No contexto do marketing de hoje, isso se aplica a qualquer conteúdo que você produz: vídeo, áudio, apresentações de slides, textos, e-books e etc.

Portanto, prepare-se com essas bases e pergunte a si mesmo esse questionário:

  • O seu negócio é único em que?
  • O que você tem de interessante para contar sobre a sua fundação?
  • Qual o problema que a sua empresa está tentando resolver?
  • O que inspirou o negócio?
  • Que momentos “aha!” você já teve?
  • De que maneira o seu negócio evoluiu?
  • O que, no seu negócio que você considera normal e comum que as outras pessoas acham que é legal?

Aqui estão duas empresas que contaram recentemente suas verdadeiras e humanas histórias centradas no cliente, de uma forma original.

Internet Trends 2019

Powered by Rock Convert

A sua história funciona para as pessoas que se envolvem com a sua marca? A sua história funciona para as pessoas que se envolvem com a sua marca?

O HubSpot

Em janeiro, a empresa de tecnologia HubSpot produziu seu “2013 Year in Review“. Criado com uma ferramenta chamada Uberflip. As sessões da revista incluem informações financeiras, as histórias sobre os esforços de caridade e os eventos pós-atendimentos.

Os dados são apresentados de uma forma atraente, de maneira gráfica e o material é muito didático e divertido.

Por que funciona?

O HubSpot poderia ter produzido um e-book ou PowerPoint em plataforma estática. Mas usando analogia – pegando emprestada uma página (por assim dizer) de revistas de consumo -, a empresa inova.

Ideia para você roubar

O que é padrão em outro mercado pode ser novo para o seu. Olhe para outras partes de sua vida em busca de inspiração e tenha uma abordagem exclusiva para o seu mercado.

As ideias da Warby Parker

A cada ano, a Warby Parker remaneja o relatório anual que é tradicionalmente chato em algo novo, e fazem isso contando uma grande história.

O relatório de 2013 foi o terceiro feito com esse esforço. Produzido em casa, ele tomou a forma de um calendário online que reconhece os fatos significativos que acontecem durante cada período de 24 horas.

A Warby Parker mostra não só os sucessos (como o seu novo comercial), mas os enganos (erros de envio) e também fatos peculiares (naquele dia três funcionários coincidentemente usavam um “tom estranho ” de amarelo para trabalhar). Como um todo, o relatório conta uma grande história de cultura, de pessoas, dos clientes e dos valores da empresa.

Por que funciona

Relatórios geralmente ressaltam apenas as melhores partes de um negócio – as partes que mostram a empresa na sua melhor forma – e escondem as coisas ruins em letras pequenas.

A Warby Parker escolheu uma abordagem diferente: A utilização de uma forma original, expondo o seu lado mais humano, às vezes vulnerável, mas totalmente compreensível .

A propósito, se isso soa muito ambicioso: considere que após o lançamento de seu primeiro relatório anual, a Warby Parker registrou recordes de vendas, de acordo com o AdAg. Quantos relatórios anuais realmente impulsionam as vendas?

Ideia você pode roubar

O que você está fazendo que poderia repensar, com mais originalidade, e assim refletir de forma mais ampla a sua história única?

___

Este artigo foi adaptado do original: “There’s an Art to Telling Your Brand’s Story: 4 Ways to Get It Right, da Entrepreneur.

Internet Trends 2019Powered by Rock Convert
Comente este artigo

Populares

Topo