X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Empreendedorismo

4 lições que ninguém ensina sobre empreendedorismo

liçõesqueninguémensinasobreempreendedorismo

Você acha que empreendedorismo é só glamour? Aqui estão 4 lições que desmentem isso


Você acha que empreendedorismo é só glamour? Aqui estão 4 lições que desmentem isso

O empreendedorismo é algo glorificado em nossa sociedade hoje em dia. Há bem pouco atrás, principalmente nas terras tupiniquins, não era bem assim.

Nos anos 80, você quando saia da escola ou faculdade, você era um desajustado se começasse uma empresa. A emoção para os empreendedores era como água de esgoto.

No entanto, em meados dos anos 80 houve um período em que empresas como Microsoft, Aplle, Oracle, Adobe e outras nasceram. E durante esse tempo, o empreendedorismo saiu dos confins da loucura das pessoas que não conseguiam encontrar trabalho para algo que se tornou mais aceito.

Na década de 90, o empreendedorismo foi aceito pelo mainstream e hoje os empreendedores são as estrelas do rock do mundo.

Este artigo não vai contar nenhuma história de empreendedorismo, mas sim compartilhar uma imagem realista sobre ser um empreendedor que fica de fora das conversas das pessoas: as partes feias.

Abaixo estão as partes mais difíceis sobre ser um empreendedor, o lado B do empreendedorismo em uma época em que os empreendedores são celebridades.

Acredite: o sucesso não vem da noite pro dia. E nem todo empreendedor será uma celebridade.

Acredite: o sucesso não vem da noite pro dia. E nem todo empreendedor será uma celebridade.

#1. O empreendedorismo é solitário

Estamos acostumados a fazer parte de um grupo de referência. Quando você é funcionário de uma empresa, você tem seus colegas. Quando você está na faculdade, você tem seus colegas.

E quando você se envolve em uma comunidade, você tem outros membros ao seu redor. Mas quando você empreende, você se sente só.

Se você tiver sorte, terá um parceiro ou co-fundador, mas termina por aí. Há uma sensação de isolamento e solidão que vem quando não pertencemos a um grupo.

#2. As empresas não fornecem riqueza

Por exemplo, a maioria dos proprietários de restaurantes, provavelmente levam para casa uma renda que não é muito maior do que o salário do gerente de um restaurante.

Isso é importante porque pensamos que empreendedores são ricos, quando na verdade a maioria dos empreendedores têm um emprego e um trabalho muito difícil para isso.

Este é um equívoco muito importante, e não é muito discutido.

#3. Um negócio demora muitos anos para ser construído

Existem 3 modalidades de negócios: os simples, os moderadamente simples e os complicados.

O modelo de negócio simples demoram 1 ano para dar lucro. Os moderadamente simples demoram 3 anos para se tornar rentável. Para tornar um negócio complicado rentável e escalável, o empreendedor pode demorar até 6 anos.

Criar um negócio não é uma geração de receita automática. Para a maioria dos empreendedores, um negócio demora anos para ser construído.

Por mais que você tenha propósito, um negócio não se constrói da noite para o dia.

Por mais que você tenha propósito, um negócio não se constrói da noite para o dia.

#4. Você tem que gerir pessoas

Quando você está à frente de um negócio, você está constantemente gerindo, não apenas funcionários, mas também clientes e vendedores. Você sempre é o chato e o cara mau e, muitas vezes você está sozinho em suas decisões.

O empreendedor é sempre o cara com a má noticia, sempre o cara que aponta o problema, sempre o cara que as pessoas torcem a cara quando chega.

Gerir pessoas não é fácil, e isso não é algo natural para muitas pessoas. No entanto, é uma parte crítica de ser um líder de negócios bem sucedido.

___

Este artigo foi adaptado do original, “The 4 Things No One Tells You About Entrepreneurship”, da Entrepreneur.

[facebookall_comments]

Populares

Topo