X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Empreendedorismo

Guia para iniciar o seu próprio negócio

Guia para iniciar o seu próprio negócio

Tirar sua ideia do papel não é tarefa das mais fáceis. Aqui está um pequeno passo-a-passo que vai ajudar


Tirar sua ideia do papel não é tarefa das mais fáceis. Aqui está um pequeno passo-a-passo que vai ajudar

Tudo que precisamos para iniciar nossa própria empresa é uma boa ideia, um grande plano de negócios, uma execução impecável e, investidores de confiança.

Mas, começar pode ser uma tarefa intimidante e assustadora para a maioria dos empreendedores. Então, se você está interessado em fundar a sua empresa, mas não tem certeza de por onde começar, use essas dicas básicas.

#1. Visualize sua ideia e defina metas

Depois de estabelecer a sua ideia de negócio, o primeiro passo é passar à realidade. Visualize suas ideias, escrevendo uma lista de objetivos de negócio que você deseja alcançar e a logística que irá torná-la possível.

Pergunte a si mesmo se você tem tempo para se dedicar ao seu novo negócio e onde você vai conseguir financiamento para tirá-lo do chão. Essas respostas ajudarão a definir metas realistas.

#2. Crie um plano de negócios

Escrever um plano de negócios claro e conciso é a melhor maneira de visualizar suas ideias e priorizar tarefas. Seu plano deve incluir um sumário executivo de seu negócio e seus planos futuros.

Faça uma lista do que precisa ser feito em 6 meses, 1 ano e as metas de 3 anos para ter um visual do futuro do negócio.

Saber onde a sua empresa pode estar em 3 anos vai ajudar a construir a confiança em seus investidores e em si mesmo.

#3. Procure aconselhamento jurídico

Para compreender as leis fiscais e sua situação legal, procure um advogado especializado em startups.

Você terá que estabelecer o tipo de entidade empresarial irá estabelecer, entender as diferenças burocráticas e os advogados serão os mais indicados para tornar isso realidade.

#4. Pesquise o mercado

Com os objetivos em mãos, é hora de fazer uma certa pesquisa. Saiba o que os concorrentes locais e nacionais estão oferecendo, e como você pode fazer a sua marca se destacar.

Mais importante ainda: procure seu público alvo e sua base de clientes. Ninguém quer criar um produto ou uma ideia de negócio que não desperta o interesse das pessoas.

#5. Faça networking

Ao pesquisar concorrência e clientes, inicie uma rede de contatos com os empreendedores que pensam como empresários e investidores. Conhecer as pessoas certas pode influenciar o seu sucesso.

#6. Levante capital

Depois que você tiver um plano de negócios e conhecimento prático de sua situação fiscal e legal, o próximo passo é ir atrás do dinheiro.

Você sempre pode pedir um empréstimo no banco, mas um plano de negócios bem definido pode ajudar você a abrir as portar de investidores importantes.

Outra opção é recorrer ao crowdfunding, uma das formas mais populares e bem sucedidas para arrecadar dinheiro.

Publique seu plano de negócios em sites de crowdfunding e ofereça recompensas aos investidores em troca de capital para levantar seu negócio. Isso pode ajudá-lo a conseguir o dinheiro que você precisa para começar.

___

Este artigo foi adaptado do original, “A Simple Guide to Jump Starting Your Startup”, da YFS.

Comente este artigo
Comente este artigo

Populares

Topo