X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Growth Hacking

A ascensão do growth hacker

A ascensão do growth hacker

O growth hacking vem sendo fundamental no crescimento de startups de tecnologia. Veja como ele pode trabalhar em conjunto com outras áreas


O growth hacking vem sendo fundamental no crescimento de startups de tecnologia. Veja como ele pode trabalhar em conjunto com outras áreas

Aprender a pensar como um hacker vai levar o crescimento até a sua empresa.

Aprender a pensar como um hacker vai levar o crescimento até a sua empresa.

O surgimento de empresas como Airbnb, Dropbox, e Uber sinaliza uma mudança importante na forma como as empresas online crescem.

Empresas como estas podem atrair centenas de milhões de usuários e avaliações multibilionárias com praticamente zero dólares gastos em marketing tradicional.

Compare isso com a primeira onda do consumidor web quando você não podia ver televisão sem ser bombardeado com anúncios pontocom.

Então, o que mudou? A resposta está, em parte, na dura realidade do fracasso pontocom que veio com a bolha da web.

Como o dinheiro dos investidores foram secando, as empresas sobreviventes tiveram que ser criativas sobre como conduzirem o crescimento, e, por isso, tiveram que partir para as melhores oportunidades que tinham: as vantagens da web para encontrar usuários e, crescer.

A nova cartilha de crescimento foi formada nesse cenário, e usa, as métricas online, com base nos dados, combinados com a experimentação rápida para melhorar continuamente o desempenho das principais alavancas de crescimento.

Equipes de gerentes de produto, designers, analistas de dados, engenheiros e até mesmo os profissionais de marketing trabalham juntos para priorizar e executar esses experimentos.

Alguns anos atrás, Sean Ellis recomendou que as startups se concentrassem na contratação de alguém com essas habilidades, antes de pensar nas funções de marketing mais tradicionais, como diretor de marketing.

Para diferenciar esses 2 papéis, ele chamou o novo papel desses profissionais de growth hacker. Hoje, o termo é popular e divide opiniões.

Muitos profissionais de marketing acham que o título é simplesmente um rebranding do que sempre fizeram, mas não é bem por aí.

As habilidades para encontrar o crescimento dentro do produto não fazem parte do conjunto de habilidades do marketing tradicional.

Como funciona o growth hacking

O growth hacking geralmente começa com um profundo entendimento de como a empresa já está crescendo.

Quando você entende a importância de coisas como a conversão, engajamento e retenção, você começa a correlacionar as ações que levam a uma melhoria de todas essas métricas.

Com esses dados em mãos, você pode incentivar os usuários a fazer algumas ações benéficas para o seu produto. Este exercício está longe de ser um hack rápido, é sobre encontrar uma visão única e aproveitá-la para crescer.

Por exemplo, o Twitter descobriu que quando os novos usuários eram seguidos por 30 pessoas, estavam significativamente mais propensos a se tornarem usuários habituais do Twitter.

Eles usaram esse conhecimento para otimizar a sua primeira experiência do usuário para obter mais pessoas para esse marco.

A otimização geralmente envolve testar cada variável na experiência do usuário para encontrar a combinação do melhor desempenho. Isso inclui as palavras na página, os passos para se inscrever, os elementos de design, tudo.

Os growth hacker não acham as coisas. Eles encontram.

Os growth não vivem de achismos. Vivem de testes e aprendizado.

Os growth não vivem de achismos. Vivem de testes e aprendizado.

Diferença entre marketing e growth hacking

Os growth hackers também tendem a ter um acesso mais profundo no produto onde podem dirigir compartilhamento, engajamento e retenção.

A maioria dos profissionais de marketing on-line passa a maior parte de seu tempo trabalhando em metodologias de aquisição de clientes externos, fora do núcleo de produção do produto.

O growth hacking e o marketing são igualmente fundamentais para acelerar o crescimento do cliente.

Mas, o growth hacking está voltado exclusivamente para as atividades que podem ser diretamente atribuídas ao impacto sobre o crescimento.

O marketing, por outro lado, inclui uma série de atividades, tais como a percepção da marca e a consciência de uma conexão para o crescimento.

O rápido crescimento de empresas do Vale do Silício têm sido alegado, geralmente, a equipes de marketing e equipes de crescimento.

Na melhor das organizações, essas 2 equipes trabalham em conjunto para melhorar as mesmas métricas gerais.

Ao invés de ficar obcecado sobre como deve ser chamado, é muito mais importante se concentrar sobre os conceitos por trás da nova cartilha de crescimento.

As empresas que percebem que sua oportunidade de crescimento vão além do marketing superficial, se concentram nas oportunidades apresentadas dentro de seu próprio produto para o crescimento, porque essas são as únicas oportunidades em que irão encontrar grandes resultados.

Estas oportunidades são melhor aproveitadas pelos growth hackers, gerentes de produto e engenheiros. Trabalhando em conjunto, os profissionais do marketing e os growth hackers podem criar grandes conquistas para suas organizações.

___

Este artigo foi adaptado do original, “Sean Ellis: The Rise of the Growth Hacker”, do Wall Street Journal.

Comente este artigo

Populares

Topo