X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Marketing de Conteúdo

Como criar conteúdo poderoso para sua marca

Como criar conteúdo poderoso para sua marca

O conteúdo poderoso é aquele que faz a sua marca se destacar na multidão. Aqui está como se aproximar disso


O conteúdo poderoso é aquele que faz a sua marca se destacar na multidão. Aqui está como se aproximar disso

O excelente conteúdo precisa ser a intersecção de 3 fatores.

O excelente conteúdo precisa ser a intersecção de 3 fatores.

As marcas estão gastando um bom dinheiro, além de incontáveis ​​horas produzindo conteúdo em um esforço para competir pela atenção do cliente.

De acordo com um estudo realizado pela Content Marketing Institute e pelo MarketingProfs, as empresas B2C gastam atualmente cerca de 1/4 do seu orçamento em marketing de conteúdo e 60% têm planos para aumentar esses orçamentos no próximo ano.

Enquanto as marcas devem ser aplaudidas por estarem mudando a sua mentalidade de anúncios para a de conteúdo valioso, a abordagem vai longe, especialmente quando você está tentando se apresentar a novos clientes.

Seu cliente está gastando a maior parte do seu tempo interagindo com outras pessoas através de uma variedade de redes sociais.

O que eles não estão fazendo é interagindo com a sua marca, especialmente nas mídias sociais, tornando mais difícil para eles encontrarem seu conteúdo.

Assim como você, a marca, toca na veia social de seu cliente? A resposta é simples: um conteúdo poderoso. Aqui estão alguns passos para você chegar até ele.

#1. Faça o seu cliente fazer parte da história de sua marca

Seu cliente tornou-se um participante vocal na história da sua marca e eles têm as plataformas que precisam para promover o conteúdo e, o público que você quer atingir com a sua mensagem.

Os canais sociais estão cheios de notícias de compras, receitas, projetos de casa, férias e muito mais. Os canais são ricos em informações sobre produtos e serviços utilizados para fazer que essas experiências sejam um sucesso.

É certo que se tornaram parte integrante de qualquer decisão de compra.

#2. As pessoas querem ouvir histórias de quem confiam

Então porque é que o conteúdo de pessoas move de forma muito mais poderosa do que o conteúdo de marca?

É porque as pessoas se relacionam com outras pessoas e elas querem ler sobre as histórias de suas vidas.

As pessoas querem saber sobre a sua viagem, seu novo emprego, namorado, e por que não da marca da sua camisa social, maquiagem, perfume e etc.

Além disso, todos os produtos mencionados são revestidos por uma camada humana, o que os tornam mais relacionáveis.

Com a combinação perfeita de aspiração e alcances, esses lugares são uma mina de ouro para as marcas que procuram estar na frente do público certo.

Como você está seguindo as pessoas on-line, você constrói um nível de confiança ao longo do tempo. Elas compartilham o mesmo gosto estético que você ou tem o mesmo sistema de valores.

Você encontra pessoas que dependem de diferentes aspectos de sua vida.

Encontramos pessoas que se relacionam e dão permissão para entrar em nossas vias sociais, que é onde toda marca quer estar.

#3. Crie conteúdo poderoso para ser compartilhado

O excelente conteúdo vive na interseção da história de uma marca, o ponto de vista do storyteller, as necessidades e desejos de seu público-alvo.

Parece difícil? Não é.

Na verdade, é mais fácil do que você pensa. Veja como fazer isso: crie uma lista para cada um desses 3 círculos e responda a algumas dessas perguntas iniciais:

1. O que o seu público-alvo precisa/quer?

  • Olhe para a sua pesquisa de mercado para ver quais são seus interesses dentro e fora de sua categoria particular.
  • A escuta social irá ajudar você a identificar tópicos e tendências que podem ser transformadas em conversas.
  • Olhe para termos de pesquisa para ver quem está ativamente à procura de algo.

2. Qual é a história da sua marca?

  • Pense na sua história e patrimônio.
  • Quais atributos de marca são importantes para você – inovação, design, utilidade?
  • Que experiência você tem de casa?
  • Qual é a voz de sua marca – educacional, engraçada, provocante?

3. Quais os tópicos que esses influenciadores cobrem?

  • Leia suas mensagens sociais para ver o que seus leitores estão falando.
  • Em que áreas eles são especialistas no assunto?
  • Será que eles têm uma experiência pessoal que poderia ser relacionável ​​para o seu público?
  • Qual é o seu tom de voz – informal, educacional, engraçado?

Agora olhe para onde esses 3 círculos se cruzam e quais são os temas que se sobrepõem.

Essas são as áreas que você pode criar conteúdo em torno do valor para o seu público, e onde eles vão ajudar a contar a história da sua marca, além de trazer uma sensação mais natural proveniente do ponto de vista de um influenciador.

Quando você encontra os infuenciadores certos para espalhar sua mensagem, eles sabem como contar a sua história para as pessoas.

Quando você encontra os infuenciadores certos para espalhar sua mensagem, eles sabem como contar a sua história para as pessoas.

Na prática

Vamos pegar o exemplo do joalheiro independente, Shane Co.

Eles queriam construir a consciência em torno de sua grande variedade de tendências de joias e atingir um consumidor mais focado em moda.

Eles descobriram que esse cliente gostava de misturar e combinar suas opções de guarda-roupa e muitas vezes misturavam traje casual com acessórios Eccles.

Concentrando-se em pérolas, a pedra do mês de junho, contaram com influenciadores para colocar uma nova direção para essa joia clássica.

Cada influenciador de moda criou uma variedade de estilos para inspirar seus leitores como o Love, Olia, fez neste post.

Esse foi um caminho natural para tecer a marca em um conteúdo que trouxe valor para seus leitores e ao mesmo tempo fortaleceu a percepção da Shane Co. como uma empresa moderna de joias.

___

Este artigo foi adaptado do original, “How to Create People-Powered Content That Works for Your Brand”, do Convince & Convert.

Comente este artigo

Populares

Topo