X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Marketing Digital

2015 será o ano do videomarketing

seráoanodovideomarketing

O videomarketing vai chegar com tudo em 2015. Aqui está a razão.


O videomarketing vai chegar com tudo em 2015. Aqui está a razão.

2015 será o ano em que o videomarketing dará um salto de crescimento.

2015 será o ano em que o videomarketing dará um salto de crescimento.

Mostrar em vez de dizer. Essa é a lição mais simples e ainda mais poderosa que qualquer contador de histórias pode aprender.

Como profissionais de marketing, colocamos mais ênfase no conteúdo que conta uma história, precisamos lembrar que os velhos ditados afirmam que é muito mais fácil falar do que fazer.

Felizmente, os profissionais de marketing estão usando o vídeo para colocar ênfase no “matar a cobra e mostrar o pau”.

O vídeo é o formato perfeito para capturar rapidamente a atenção do público. Ele permite um grande impacto de maneira curta, mas memorável, em um formato que os telespectadores podem desfrutar e os profissionais podem medir.

Capturar a atenção dos potenciais clientes é mais importante do que nunca, em um mundo onde os compradores fazem a maior parte de sua pesquisa online antes mesmo de entrar em contato com uma empresa.

Nós temos que diminuir o ruído e engajar os prospects com conteúdo que entretém, inspira e educa as pessoas sobre o que fazemos e quem somos.

Os fatos mostram, mas as histórias vendem. Aqui está o que esperar do mercado de vídeos em 2015.

#1. O botão de play será o call to action mais atraente da internet

Como sabemos, que o público prefere vídeos ao invés de outros formatos? Existem dados que podem comprovar isso.

Cerca de 65% dos espectadores veem mais do que ¾ de um vídeo, de acordo com o Invodo. Qualquer profissional de conteúdo ficaria encantado com esse tipo de público para um texto.

Além disso, mais de 70% dos profissionais de marketing relatam que a taxa de conversão do vídeo é maior do que qualquer outro meio.

O conteúdo em vídeo está se tornando uma maneira infalível de aumentar as taxas de cliques e conversões, e os profissionais de marketing estão tentando se aproveitar disso.

Simplificando, o botão play é o call to action mais atraente na internet.

#2. A análise de vídeo irá assumir a liderança

O marketing orientado a dados é o que toda empresa quer, e as novas tecnologias tornaram possível controlar as interações digirais da audiência online para medir o desempenho dos programas de marketing.

Essa tendência continuará em 2015 quando os profissionais vão buscar extrair maiores insights de seus sistemas de marketing para melhorar os resultados.

Ao passo que o vídeo se torna uma parte mais proeminente do mix de marketing, a analise vai ser extremamente importante e valiosa.

As plataformas de vídeo modernas já oferecem a capacidade de acompanhar muto mais do que apenas as visualizações.

Os profissionais podem ter insights sobre engajamento, audiência real e drop-off médios para os vídeos, bem como a forma como cada vídeo está contribuindo para a geração de receitas.

#3. O vídeo vai se tornar uma ferramenta estratégica para geração e qualificação de leads

Os vídeos podem facilmente se transforarem em ferramentas de geração de leads. Adicione um campo de inscrição de e-mail no início de seu vídeo, ou um formulário de coleta de lead no final.

Isso vai permitir que você gere novos leads, bem qualificados que estejam interessados em seu conteúdo.

Essas informações podem ser ligadas diretamente ao contato com registros de automação de marketing e sistemas de CRM, proporcionando uma liderança qualificada que pode ser amarada ao engajamento real em seu conteúdo online.

Os profissionais já estão começando a aproveitar essa capacidade, e vamos ver um aumento no uso disso em 2015.

Somente o vídeo oferece um meio confiável de rastreamento de engajamento real com o conteúdo, e 2015 é o ano em que os profissionais irão começar a usar essas informações para sua vantagem.

O vídeo é um excelente recurso de geração de leads e oportunidades de vendas.

O vídeo é um excelente recurso de geração de leads e oportunidades de vendas.

#4. O YouTube será um complemento

O YouTube é um ótimo canal para a distribuição de vídeos. Ele pode ajudar você a expandir o seu alcance e atrair novos públicos.

Mas não deve ser o único lugar que você distribui o seu conteúdo, nem deve ser a plataforma de vídeos incorporada em seu site através de outras mídias sociais.

Embora o YouTube ofereça uma solução muito acessível para a hospedagem de vídeo, ela não tem as ferramentas necessárias para tornar o vídeo parte integrante de sua marca digital.

Assim, muitas marcas vão entender que o YouTube não é a melhor maneira de otimizar os resultados.

#5. O uso de análise de vídeo como parte da automação de marketing

Embora mais de 70% dos profissionais de marketing relatarem que o vídeo converte melhor do que outros tipos de conteúdo, menos de 10% estão realmente usando a análise de vídeo para melhorar a qualificação e a percepção dos leads gerados.

À medida que mais profissionais usam o vídeo para atrair e envolver o seu público, rapidamente eles querem iniciar a coleta de análise do vídeo dentro de sua automação de marketing.

Essa etapa e fundamental para maximizar o valor do vídeo. É o que dá aos profissionais a compreensão ampla de como os prospects interagem com a marca através de todos os canais.

Dessa maneira, os profissionais de marketing saberão se estão fazendo o suficiente.

___

Este artigo foi adaptado do original, “2015 Will Be the Year of Video Marketing”, do Marketing Profs.

Comente este artigo

Populares

Topo