X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Business-plan-above-city_xxl
Apps & Tools

Como estruturar um Plano de Negócios para o meu empreendimento?


Internet Trends 2019Powered by Rock Convert

Se você já tem uma ideia de negócio, um produto para vender, um serviço para oferecer ou uma franquia para abrir: é hora de fazer um plano de negócios.

O plano de negócios é essencial para planejar cada passo que deve ser tomado na hora de iniciar um novo empreendimento. Deve também permitir a análise da ideia, assim como o seu potencial de implementação comercial e financeira.

Um plano de negócios pode ser feito para diferentes tipos de fases do negócio:

  • Fase inicial: Startups.
  • Empreendimento em expansão
  • Reestruturação da empresa
  • Projetos adicionais

Um bom planejamento auxiliará o empreendedor a ter um objetivo claro e alinhado. Não somente isso, é importante lembrar que o plano de negócios é feito também para cativar seu público-alvo, sejam eles: investidores, bancos, fornecedores, financiadores ou sócios. Por isso, deve ser simples, objetivo, realista e completo, para que os objetivos sejam alcançados.

Sem um plano ou usando o modelo de negócio de algo semelhante ao seu, não é suficiente. É importante fazer um planejamento especialmente para o seu empreendimento e com cada detalhe revisado.

É possível encontrar hoje em dia diversos modelos de planos pela internet. Mas, qual de fato é o mais completo? O que é necessário incluir e não? Quanto tempo é suficiente para planejar os dados financeiros? Quão longo deve ser?

Abaixo iremos resumir os principais pontos que precisam ser considerados na hora de fazer um plano de negócio completo. Nos baseamos nas exigências do Banco Central do Brasil e em informações dadas pelo Sebrae.

Sumário executivo – Resumo

Dentro do contexto geral do plano de negócios, o sumário executivo irá aparecer na página inicial. Esse capítulo nada mais é do que um resumo para o leitor, seja ele o investidor-anjo ou um banco.

Responda: Qual o seu objetivo e como planeja alcançá-lo?

Essa será a primeira página, o rosto do seu plano de negócios. Temos o dito popular “a primeira impressão é a que fica”, então esse capítulo precisará ser completo, bem explicado, mas não extremamente longo. O leitor precisa entender o conceito da sua ideia, seus meios e como fará para alcançá-lo.

Apesar do sumário executivo ser o primeiro capítulo de um planejamento, é sugerido fazer um esboço inicial e finalizá-lo após completar todos os dados do plano de negócios. Isso porque, ao decorrer do planejamento muito pode mudar.

O indicado são duas páginas de sumário executivo para um plano de negócios completo ou uma página quando o plano for resumido.

Faça uma descrição:

Descreva o seu produto ou negócio. Ao descrevê-lo, é necessário explicar sobre as possibilidades atuais e futuras, o mercado disponível. Além disso, resuma os principais pontos positivos e negativos que poderão beneficiar ou prejudicar seu negócio.

Estratégias de mercado

A estratégia de mercado é o resultado de uma análise meticulosa do mercado. A análise fará com que o empreendedor se familiarize com todos os aspectos do mercado e defina com clareza qual será o público-alvo e como deverá se posicionar.

Responda: Meu produto ou serviço irá solucionar um problema ou melhorar algo que já existe no mercado?

De acordo com o Banco Central do Brasil, o plano mercadológico não pode deixar de incluir:

Internet Trends 2019Powered by Rock Convert
  • Objetivos estratégicos do empreendimento;
  • Descrição do mercado em que a instituição pretende atuar, contemplando os riscos nele existentes e os decorrentes de eventual concentração de negócios;
  • Público-alvo;
  • Principais produtos e serviços a serem ofertados;
  • Análise da concorrência;
  • Tecnologias a serem utilizadas na colocação dos produtos e dimensionamento da estrutura de atendimento.

Para auxiliar, tente fazer uma análise SWOT do seu empreendimento.

Análise da concorrência:

O objetivo é determinar os pontos fortes e fracos dos seus concorrentes. Esse estudo fornecerá informações necessárias para verificar quais as vantagens e obstáculos que poderão ser encontrados e também analisar como poderão ser resolvidos. Além disso, é uma boa ideia verificar quais são os pontos fracos da sua concorrência e como você pode explorar a possibilidade de usar o seu produto ou serviço a favor, seja no desenvolvimento ou no preço.

Equipe de Gestão

É importante apontar quem são os envolvidos no empreendimento. Quem desenvolveu a ideia, fundou o negócio e faz ou irá fazer parte do seu negócio. Esse capítulo inicia o planejamento operacional do seu plano de negócios.

O objetivo é discorrer sobre que tipo de habilidades, experiências pessoais, profissionais e empresariais caracterizam você e sua equipe de gerenciamento. Não somente sobre os CEOs, mas também sobre os funcionários e suas posições dentro da empresa. Caso haja apenas planos para uma contratação futura de funcionários, é possível comentar no plano de negócios. Tudo isso fará parte do planejamento de crescimento e desenvolvimento da empresa.

Desenvolvimento e vendas

Aqui, o objetivo é traçar o desenvolvimento do produto ou serviço dentro do contexto de produção e comercialização. Desde o preço, locais de venda até o marketing e publicidade necessária para colocar e se fazer conhecido no mercado.

Estrutura e operações

Nesse capítulo é necessário informar sobre a estrutura física e operacional do empreendimento. A escolha da localização é especialmente importante para aqueles que pretendem abrir uma loja física. O empreendedor poderá discorrer sobre o motivo da escolha do local, quais os benefícios e obstáculos que podem ser encontrados.

Outro ponto importante é sobre o desenvolvimento de parcerias e fornecedores. A parceria com outros empreendedores da área pode ser bem-vinda para aumentar seu contato com o mercado, por exemplo.

A estrutura usada no gerenciamento de riscos, os planos de contingência a serem adotados e os procedimentos e controles a serem utilizados para a detecção e a prevenção de operações ilícitas também devem ser mencionadas.

Planejamento financeiro

Por fim, mas longe de ser o menos importante são os fatores financeiros. Dê atenção especial e mantenha-o o mais realista possível.

Para um planejamento financeiro completo, é necessário informar:

  • Premissas econômicas e do projeto
  • Projeções de receitas e fluxo de caixa
  • Custos e despesas
  • Investimentos ou empréstimos
  • Indicadores financeiros
  • Previsão de três anos baseados nos dados acima.

Essa é uma parte do planejamento que será útil não somente para terceiros, como a si próprio. Incluir todos os gastos, custos, receitas e etc. irá auxiliar você a ter uma ideia ainda mais realista das suas condições de seguir em frente com o projeto. Será possível ter noção, por exemplo, se há chances de pagar o valor investido além de ter lucro e quanto tempo levará até que isso aconteça.

Um bom planejamento garantirá um desenvolvimento mais organizado do seu negócio, sem tantos “porquês” e com isso, mais segurança para seguir em frente com o seu sonho de abrir um novo empreendimento.

Autora: Diana Morgado, é formada em relações internacionais, mora em Berlim e trabalha junto com o time de internacionalização do SmartBusinessPlan, a ferramenta de plano de negócios que auxilia o empresário a ter sucesso com a organização dos seus negócios e com o planejamento financeiro completo.

Internet Trends 2019Powered by Rock Convert
Comente este artigo

Populares

Topo