X

Busque em mais de 20.000 artigos de nosso acervo.

Apps & Tools

Como lançar uma startup sem programador

Como lançar uma startup sem programador

Você acha que precisa ser um exímio programador para criar uma startup de sucesso? Você pode estar errado


Você acha que precisa ser um exímio programador para criar uma startup de sucesso? Você pode estar errado

Você não precisa ser um expert em programação para fundar uma startup.

Você não precisa ser um expert em programação para fundar uma startup.

No mundo das startups existe uma regra tácita: para lançar uma startup você precisa escrever um código, e para isso, precisa de um programador.

Isso muitas vezes significa conseguir um co-fundador que seja expert em código e programação para construir um MVP. A sabedoria convencional afirma que, sem habilidades de tecnologia você não é nada mais do que um cara com uma ideia e uma apresentação.

Um crescente número de startups estão, no entanto, refutando essa hipótese.

Eles estão adquirindo clientes com a tecnologia mínima e muitas vezes sem muita codificação. Em vez de construir tecnologias mirabolantes, desde o início, eles estão construindo ferramentas online de baixo custo.

Essas empresas surgem para servir os clientes da maneira possível: partindo para seus primeiros clientes pagantes.

O mais importante é que essas empresas, ao contrário de outras startups, no momento que começam a construir um produto já têm pessoas interessadas em seu negócio.

Como essas startups estão fazendo isso?

Elas estão se concentrando em servir o cliente em vez de construir um produto.

Todos os fundadores de sucesso sabem de uma coisa: é muito mais importante servir um cliente do que construir um produto.

Esta é a mentalidade que você deve ter em mente quando começar o seu negócio. A maioria dos empreendedores estão focados na construção e definição de um produto. Com isso eles perdem de vista o verdadeiro objetivo: resolver o problema do cliente.

Os clientes não se importam como você faz as coisas, contanto que você acabe com a sua dor. – Ben Yoskovitz

Substitua a tecnologia por pessoas

Pense sobre a parte mais difícil do negócio que você quer construir. A parte que exigiria o desenvolvimento mais complexo: pode uma pessoa executar essas tarefas manualmente?

Para muitas empresas iniciantes, esse foi um grande segredo de sucesso. David Quail é um super talentoso engenheiro de software que queria resolver uma irritação sua: o agendamento de reuniões por e-mail.

A ideia original de David foi a construção de uma ferramenta de inteligência artificial que podia ler uma sequência de e-mails e agendar automaticamente o evento. Mas isso levaria meses, ou até mesmo, anos.

Qual foi o atalho que David encontrou? Ele configurou um endereço de e-mail para seus clientes enviarem em cópia e ele fazia o trabalho manualmente, para provar que a sua ideia era boa e as pessoas estavam dispostas a pagar por isso.

Com o tempo ele automatizou o serviço um pouco, mas não antes de saber que  seu produto havia uma demanda clara no mercado.

Opte sempre por pessoas em vez de tecnologias milagrosas.

Opte sempre por pessoas em vez de tecnologias milagrosas.

Use soluções incomuns

Enquanto seu núcleo de tecnologia estiver começando, você pode melhorá-lo através das interações digitais que podem ajudar a sua empresa a ser uma empresa de tecnologia de verdade:

  • Utilize serviços de e-commerce para aceitar pagamentos e até mesmo assinaturas usando gateways de pagamento, que não exigem esforços de programação.
  • Deixe seus clientes interagirem com você através de formulários online que seja de fácil incorporação em suas páginas.
  • Construa uma base de apoio e conhecimento em fóruns e comunidades como Zendesk, Uservoice ou GetSatsfaction.
  • Utilize widgets e formulários de contato disponíveis na internet para interagir com os usuários.

Lembre-se do WordPress

Para a maioria de nós, quando falamos WordPress lembramos de blog, ou de uma maneira simples de criar um site de conteúdo para pessoas não técnicas.

Mas a verdadeira magia do WordPress é a capacidade de estender sua funcionalidade para criar vários tipos de plataformas, sem se envolver profundamente em códigos e programação.

A plataforma é gratuita e, você pode adquirir plugins, alguns gratuitos que transformam o seu site em um fórum, portal de e-commerce, mídia social, e até mesmo compras coletivas.

O WordPress é uma das ferramentas mais incríveis da web para criar sites e páginas.

Coloque o mais importante em primeiro lugar

Volte-se para a necessidade do cliente e pense como satisfazê-la. Agora como você pode tornar essa solução acessível?

Considere começar um pouco menor do que tinha imaginado, da maneira mais óbvia e simples possível, só para começara gerar receitas e financiar seu desenvolvimento.

Depois que você conseguir seus primeiros clientes, você terá uma imagem muito boa de onde sua empresa está indo e aí pode investir pesado na tecnologia necessária para entregar a solução para os clientes.

Será que trabalhar dessa forma compensa?

As empresas de tecnologia que começaram assim foram vendidas por algo entre 50 e 540 milhões de dólares, ou abriram o capital. E continuam crescendo a taxas de 2 dígitos.

Essas empresas lançaram seus produtos em questão de semanas, e não de anos ou meses.

Se essa abordagem faz você se sentir desconfortável, isso é ótimo. É um sinal de que você está aprendendo a pensar de forma diferente.

O que os investidores vão pensar?

Eles vão pensar que você é inteligente, versátil, flexível e persistente, e sabe como se concentrar nas coisas certas.

Se por alguma razão as pessoas estão adiando os investimentos por conta da sua abordagem focada no cliente em vez do foco no produto, então você não está falando com as pessoas certas.

Não deixe o medo paralisar você

Quando você para de pensar em como criar um produto fantástico e começa a pensar em resolver o produto da maneira mais rápida é comum pensar que vamos decepcionar os clientes.

Não deixe esse pensamento tomar conta de você. Para os clientes que você se sentir travado por falta de suas habilidades técnicas, pergunte-se o que você pode fazer hoje para conseguir seu primeiro cliente.

Lembre-se: faça o que você precisa fazer para iniciar o seu negócio. Use os conhecimentos e as ferramentas disponíveis para isso. Depois que as pessoas se interessarem, vá aperfeiçoando tudo aos poucos.

___

Este artigo foi adaptado do original, “How To Launch A Startup Without Writing Code”, do OnStartups.

Comente este artigo

Populares

Topo